Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump diz a UE que EUA baixariam suas tarifas se o bloco fizer o mesmo - Jornal Brasil em Folhas
Trump diz a UE que EUA baixariam suas tarifas se o bloco fizer o mesmo


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado que está disposto a baixar as tarifas sobre o aço e o alumínio para a União Europeia (UE) se o bloco fizer o mesmo com as barreiras comerciais impostas a produtos americanos.

A tarifas de 25% sobre a importação de aço e 10% sobre a de alumínio impostas pelos EUA incomodaram a UE e outros sócios importantes como o Japão, e a comissária europeia de comércio, Cecilia Malmström, disse mais cedo que Washington não deixou claro como seus aliados poderão obter isenções.

A União Europeia, países maravilhosos que tratam muito mal os Estados Unidos em termos de comércio, está se queixando das tarifas sobre o aço e o alumínio, tuitou Trump.

Se eles baixarem suas horríveis barreiras e tarifas sobre os produtos americanos que entram (no bloco), nós também baixaremos as nossas. Grande déficit. Se não, imporemos taxas a carros, etc. É JUSTO!, acrescentou.

Malmström disse que as negociações continuariam na semana que vem, depois de que diálogos com o representante americano do Comércio, Robert Lighthizer, não indicaram uma saída clara para a situação, que muitos temem que leve a uma guerra comercial.

A UE prepara represálias caso Trump mantenha sua intenção de sancionar seus produtos siderúrgicos.

A mais imediata, que seria aplicável em três meses, consistiria em impor fortes tarifas a alguns produtos muito representativos dos Estados Unidos, como as calças jeans, as motos de grande cilindrada e a manteiga de amendoim.

Trump disse que as tarifas, que estarão vigentes 15 dias depois de seu anúncio formal na quinta-feira passada, não serão aplicadas inicialmente a Canadá e México. Também incluiu a Austrália na lista dos possíveis países isentos.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212