Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 CVM e Previc firmam acordo para agilizar troca de informações sobre regulação - Jornal Brasil em Folhas
CVM e Previc firmam acordo para agilizar troca de informações sobre regulação


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) firmaram hoje (13) acordo de cooperação técnica para troca de informações sobre fiscalizações. O acordo amplia convênio firmado em 2005.

O acordo prevê a criação de duas comissões técnicas. Os membros das comissões serão nomeados no prazo de 90 dias e estão em estudo treinamentos conjuntos.

Segundo o presidente da CVM, Marcelo Barbosa, o alinhamento de regulação entre os dois órgãos é importante já que o fundos de pensão são atores fundamentais no mercado de capitais. “São os propulsores da economia no mercado”, disse.

“Para nós, é muito importante que a nossa regulação considere a realidade deles também. Para nós, é fundamental [estar] em linha com as características desses investidores”, afirmou.

Para Fábio Coelho, superintendente substituto da Previc, a expectativa é que o acordo traga o alinhamento regulatório entre supervisionados da CVM e da Previc. De acordo com ele, o setor de fundos de pensão passou por uma lacuna regulatória nas décadas de 1990 e 2000 em relação às melhores práticas internacionais, ao contrário do que ocorreu com bancos e fundos de investimento.

“A gente enxerga que nos próximos anos isso deve ser uma tendência. Ou seja, as regras que hoje são aplicadas aos gestores dos fundos de investimento devem ser alinhadas também no que couber ao que seria aplicado nos gestores de fundos de pensão no que concerne à prática de investimentos”.

Na avaliação do superintendente, a troca de informações resultará em ganhos nos processos de fiscalização e supervisão, como agilidade e segurança.

Fábio Coelho acredita que o acordo poderá contribuir na reforma da Resolução 3.792, do Conselho Monetário Nacional, de 2009, que trata de diretrizes de aplicação dos recursos administrados pelas entidades fechadas de previdência complementar.

Edição: Carolina Pimentel

 

Últimas Notícias

Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212