Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 China: aço é um problema global que não se pode resolver sozinho - Jornal Brasil em Folhas
China: aço é um problema global que não se pode resolver sozinho


A China afirmou nesta terça-feira que adotou medidas concretas ante as acusações de dumping do Canadá, e que a questão do excesso de oferta de aço é um problema global, que nenhum país pode resolver sozinho.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, acusou a China de inundar o mercado mundial com seu alumínio e aço baratos, que representam uma concorrência desleal para o setor siderúrgico da América do Norte.

As críticas do Canadá coincidem com a decisão dos Estados Unidos de impor tarifas sobre a importação de aço e alumínio. A China produz metade do aço mundial.

Na realidade, a China está totalmente determinada e adotou medidas concretas para reduzir suas capacidades excedentes no aço, afirmou Lu Kang, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores.

O governo da China, maior produtor de aço do mundo, afirma que reduziu a produção em mais de 50 milhões de toneladas em um ano.

Após 1,1 bilhão de de toneladas produzidas em 2016, Pequim se comprometeu a reduzir sua produção em 150 milhões de toneladas entre 2016 e 2020, um objetivo que pode ser alcançado ainda este ano, segundo as autoridades.

Mas o excedente de produção em escala mundial é um problema global que não pode ser resolvido por um país de maneira unilateral, disse Lu Kang.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212