Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo israelense anuncia acordo que pode encerrar crise de coalizão - Jornal Brasil em Folhas
Governo israelense anuncia acordo que pode encerrar crise de coalizão


O Executivo israelense anunciou nesta terça-feira (13) um acordo entre membros da coalizão em um controverso projeto de lei, criando condições para encerrar uma crise política que ameaçou derrubar o governo e antecipar as eleições.

O acordo do comitê ministerial dá liberdade de voto neste texto para cada membro do partido da coalizão, informou o Ministério da Justiça em nota.

O projeto de lei sobre a liberação de judeus ortodoxos do serviço militar deveria ser aprovado na noite desta terça-feira no Parlamento.

Netanyahu ainda não comentou este acordo, alcançado no fim de um dia de intensos esforços para encontrar uma solução que evitasse a convocação de eleições.

Alguns dos parceiros da coalizão acusaram Netanyahu de querer aprovar antecipadamente a legislação para fortalecer sua posição política antes de sua possível condenação por suborno nos próximos meses.

As pesquisas sugerem que ele poderia permanecer como primeiro-ministro depois de uma nova eleição, mesmo com as investigações de corrupção que pesam contra ele.

Contudo, Netanyahu disse diversas vezes que quer que sua coalização dure até o fim de seu mandato, em novembro de 2019.

Na tarde desta terça, o jornal israelense Haaretz afirmou, citando fontes da coalizão, que Netanyahu trabalhava para solucionar a crise, após considerar que poderia não ter votos suficientes para dissolver o Parlamento.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212