Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Dinamarca vai enviar 400 militares para o Iraque e sete caças para a Turquia - Jornal Brasil em Folhas
Dinamarca vai enviar 400 militares para o Iraque e sete caças para a Turquia


A Dinamarca vai reforçar a sua participação na coligação internacional que combate o grupo extremista Estado Islâmico, com o envio de 400 militares e oito aviões para o Iraque e a Turquia, anunciou hoje o governo.

Os aviões – sete caças F-16 e um avião de carga – vão para a base na Turquia para bombardear alvos na Síria e no Iraque, enquanto as tropas serão destacadas para o Iraque, disse o primeiro-ministro, Lars Lokke Rasmussen.

“O governo quer intensificar o combate contra a organização terrorista Estado Islâmico. Enviar homens e mulheres é uma decisão séria, por isso posso assegurar que o projeto do governo obteve amplo apoio dos partidos do Parlamento”, acrescentou em comunicado divulgado após uma reunião da comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros. A proposta deve ser votada no dia 19 de abril.

A Dinamarca já integra a coligação internacional mas, até o momento, apenas interveio no Iraque, onde manteve sete caças F-16 durante um ano, entre o segundo semestre de 2014 e o segundo semestre de 2015.

Atualmente, 120 soldados dinamarqueses estão na base aérea Al-Asad, no Iraque, em missão de treinamento de militares iraquianos e curdos.

O novo contingente deve entrar em ação em meados de 2016, mas o período que as tropas ficarão no Iraque não foi especificado.

“Isso não quer dizer que os soldados dinamarqueses vão combater diretamente. Mas podem sofrer ataques e por isso terão um mandato amplo”, disse o chefe da diplomacia dinamarquesa, Kristian Jensen.

A decisão tomada é “uma resposta a um pedido dos Estados Unidos e a sequência natural” do envolvimento dinamarquês na coligação depois da retirada dos F-16, no ano passado, disse o porta-voz do ministro, Lars Peter Levy.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212