Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


12 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Câmara elege representantes para Conselho da República - Jornal Brasil em Folhas
Câmara elege representantes para Conselho da República


O plenário da Câmara dos Deputados elegeu hoje (15) os dois representantes da Casa para integrar o Conselho da República. Foram escolhidos o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) e o ex-ministro da Justiça, Eugênio Aragão. Os nomes, que não precisam ser de parlamentares, foram escolhidos por maioria simples entre os indicados pela bancada governista e pela oposição, respectivamente.

Como suplentes para as vagas da Câmara, foram eleitos o deputado Capitão Augusto (PR-SP) e o advogado Marcello Lavenére Machado. Além dos representantes votados, integrarão o conselho o deputado Lelo Coimbra (MDB-ES), como representante da maioria da Casa, e o deputado Weverton Rocha (PDT-MA), como representante da minoria.

O Senado Federal também elegerá seus dois representantes. Além dos dois nomes a serem escolhidos por Câmara e o Senado, integram o Conselho da República os presidentes e os líderes da Maioria e da Minoria das duas Casas, e o líder do Congresso Nacional.

A presidência da República também indicará dois nomes. O vice-presidente da República, o ministro da Justiça e outros seis representantes da sociedade (movimentos sociais) completam a composição do colegiado, formado por 21 pessoas.

Conselho da República

A atividade de conselheiro da República é considerada relevante e não remunerada. O colegiado é presidido pelo presidente da República, que também convoca as reuniões do conselho. A instância foi criado por lei em 1990 para deliberar sobre intervenção federal, estado de defesa, estado de sítio e questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas.

Ao todo, o Conselho é composto pelo vice-presidente da República, pelos presidentes da Câmara e do Senado, os líderes da maioria e da minoria da Câmara e do Senado, o ministro da Justiça e seis cidadãos brasileiros maiores de 35 anos de idade. Todos eles terão mandato de três anos, vedada a recondução. Destes, dois serão nomeados pelo presidente, dois pela Câmara e dois pelo Senado.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212