Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Comissão aprova MP que cria cargos para apoiar a recuperação fiscal dos estados - Jornal Brasil em Folhas
Comissão aprova MP que cria cargos para apoiar a recuperação fiscal dos estados


A comissão mista que analisa a Medida Provisória 816/17 aprovou, nesta quarta-feira (14), o projeto de lei de conversão do deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG). A MP cria três cargos em comissão para compor os conselhos de Supervisão dos Regimes de Recuperação Fiscal dos estados e do Distrito Federal, vinculados ao Ministério da Fazenda.

Subtenente Gonzaga, relator da matéria, acolheu emenda que impede a retirada de recursos de áreas sociais para cobrir gastos com os cargos criados pela MP

Em seu parecer, Gonzaga acolheu emenda do deputado José Guimarães (PT-CE) que impede a retirada de recursos das áreas de seguridade social, educação e segurança pública para cobrir os gastos com os cargos criados pela MP. Outras duas emendas foram rejeitadas pelo fato de terem objetivos semelhantes e já estarem, portanto, contempladas no texto do relatório, conforme avaliou Subtenente Gonzaga.

Nenhum parlamentar quis discutir a MP durante a reunião da comissão especial, presidida pelo senador Elber Batalha (PSB-SE).

Objetivos

Segundo argumenta o Poder Executivo, a MP auxilia no cumprimento da Lei Complementar 159/17, que instituiu o Regime de Recuperação Fiscal para os estados e o Distrito Federal. De acordo com a lei, os entes em situação de grave crise financeira que precisarem adotar medidas de ajuste para recuperar o seu equilíbrio fiscal poderão aderir ao regime. Para isso, eles terão de apresentar planos de recuperação fiscal que serão avaliados pelos conselhos de Supervisão do Regime de Recuperação.

O objetivo da MP é viabilizar o funcionamento desses conselhos, que serão formados por três membros titulares, e seus suplentes, com experiência profissional e conhecimento técnico nas áreas de gestão de finanças públicas, recuperação judicial de empresas, gestão financeira ou recuperação fiscal de entes públicos. Os titulares terão cargos do Grupo-Direção e Assessoramento Superior (DAS) de nível 6, em regime de dedicação exclusiva.

A criação dos cargos terá impacto financeiro de R$ 791 mil em 2018 e de R$ 827 mil em 2019.

Tramitação

A MP será analisada agora pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212