Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Colômbia captura líder das Farc que operava na fronteira equatoriana - Jornal Brasil em Folhas
Colômbia captura líder das Farc que operava na fronteira equatoriana


O governo da Colômbia anunciou nesta quarta-feira a captura de Jefferson Chávez, segundo principal líder da dissidência do antigo grupo guerrilheiro Farc, que operava na fronteira com o Equador.

Jefferson Chávez, também conhecido como Cachi ou Miguelito, liderava um dos grupos que rejeitou o processo de paz e era considerado pelas autoridades como um alvo de alto valor, declarou o presidente Juan Manuel Santos em entrevista coletiva.

Cachi, 27 anos, foi capturado em uma operação realizada na cidade de Pereira, no centro do país, graças a uma informação pela qual as autoridades pagarão uma recompensa de 100 milhões de pesos (33 mil dólares).

Estamos avançando no objetivo (...) de desarticular estes grupos criminosos, estas dissidências que operam no sul do país, na fronteira com o Equador, disse Santos.

O governo avalia que cerca de mil guerrilheiros de origem marxista, muitos dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), seguem operando atraídos pelo narcotráfico ou a mineração ilegal.

Os rebeldes exercem especial influência no sul da Colômbia e na fronteira com o Equador, uma das rotas para o tráfico de drogas aos Estados Unidos.

Cachi liderava a produção e comercialização de cocaína na zona rural de Tumaco, povoado situado na fronteira com o Equador, segundo a polícia.

A dissidência das Farc é liderada por Walter Arizala Guacho, um dos homens mais procurados no Equador e na Colômbia.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212