Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Câmara de Representantes dos EUA vota pacote para segurança nas escolas - Jornal Brasil em Folhas
Câmara de Representantes dos EUA vota pacote para segurança nas escolas


A Câmara de Representantes americana aprovou nesta quarta-feira (14) um pacote de US$ 75 milhões anuais para que as escolas invistam em segurança, após o assassinato de 17 pessoas pelas mãos de um ex-aluno de uma escola de ensino médio de Parkland, Flórida, em fevereiro.

A maioria republicana e a oposição democrata aprovaram o projeto de lei por 407 votos contra 10.

Mas os democratas lamentaram que os líderes republicanos do Congresso rejeitem a ideia de incluir medidas para restringir o acesso às armas, como o aumento da idade mínima de 18 para 21 anos.

É profundamente pungente que apenas uns dias depois de ter aceitado o princípio de uma grande lei para prevenir a violência com armas de fogo, continuemos sem ver nada, lamentou a líder da minoria democrata, Nancy Pelosi.

O texto federal oferece subvenções a policiais e escolas para a compra de sistemas que permitam detectar ameaças antecipadamente ou alertar mais rapidamente as forças de ordem em caso de ataque.

As subvenções também são para pagar capacitações para que os funcionários dos estabelecimentos de ensino possam detectar melhor estudantes potencialmente perigosos ou que mostrem indícios de problemas psicológicos, e para reforçar a segurança física dentro dos centros escolares, especialmente para a instalação de portas reforçadas nas salas de aula ou detectores de metais.

A lei ajuda as escolas a se assegurarem e prepararem e ajuda a que todo mundo receba as capacitações necessárias, comemorou o presidente republicano da Câmara, Paul Ryan.

O massacre de 14 estudantes e três adultos na escola de ensino médio de Parkland, Flórida, há um mês voltou a colocar sobre a mesa o debate sobre o controle de armas e se alguns professores deveriam portar armas, como propôs o presidente Donald Trump.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212