Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Líbano é exceção e exemplo de estabilidade no Oriente Médio, diz ONU - Jornal Brasil em Folhas
Líbano é exceção e exemplo de estabilidade no Oriente Médio, diz ONU


O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse ontem (15), em Roma, que é absolutamente crucial preservar a estabilidade no Líbano, neste momento em que o Oriente Médio está uma confusão. A declaração foi feita durante um encontro ministerial do Grupo Internacional de Apoio ao Líbano. A informação é da ONU News.

Guterres explicou que “este é o momento em que a comunidade internacional precisa expressar o seu compromisso e apoio total para com a unidade e estabilidade no Líbano, mas também para com a sua soberania e integridade territorial. ”

O chefe das Nações Unidas disse que é preciso ser claro e afirmar para a comunidade internacional “que isto não é uma questão de solidariedade, é uma questão do seu próprio interesse. ” Segundo ele, “apoiar a unidade e estabilidade libanesas, é apoiar a estabilidade em toda a região e contribuir para diminuir as ameaças dramáticas à paz que enfrentamos hoje no mundo. ”

Desordem

O secretário-geral afirmou que “o Oriente Médio está uma confusão” e que “o símbolo claro dessa confusão é o infinito e sangrento conflito na Síria e o sofrimento dramático do povo sírio. ”

Mas nessa “desordem”, destacou Guterres, há uma exceção positiva que “é a sabedoria e a capacidade mostrada pelos líderes do Líbano para preservar a sua estabilidade e unidade, contra todas as probabilidades, contra um fluxo massivo de refugiados com impacto dramático na sua economia e na sociedade, e contra uma ameaça de segurança vinda do vizinho do lado, a Síria.”

Guterres concluiu dizendo que é “absolutamente crucial preservar” a ausência de conflitos no país porque “o Líbano é hoje um dos poucos pilares de estabilidade e paz na região. ”

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212