Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Vila Cidadã recebe últimos ajustes para abertura neste sábado - Jornal Brasil em Folhas
Vila Cidadã recebe últimos ajustes para abertura neste sábado


Às vésperas do início da programação do 8º Fórum Mundial da Água (FMA), Brasília ajusta-se para sediar o maior evento global sobre o uso da água, que será começa neste domingo (18) e vai até o dia 23. Antes da abertura oficial do evento, será inaugurada, às 9h deste sábado (17), a Vila Cidadã, espaço reservado para diferentes atividades, desde debates, apresentações culturais, atrações multimídia e experiências sensoriais.

De manhã, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, vistoriou as instalações da Vila Cidadã, que está sendo montada na área externa do Estádio Mané Garrincha, no Eixo Monumental. A vila, que se estende por 10 mil metros quadrados (m2), contará com uma praça de alimentação com capacidade para 2500 pessoas.

A organização dos restaurantes e cardápios oferecidos no espaço está a cargo do projeto gastronômico Chefs nos Eixos, já conhecido dos brasilienses. Doze chefes de cozinha trabalharão na praça, que oferecerá aos congressistas e visitantes pelo menos uma opção de prato e uma bebida por até R$ 27. Os cardápios são variados, com pratos regionais e internacionais, lanches rápidos e opções vegetarianas.

Todas as atividades interativas e culturais da programação da Vila Cidadã, inclusive o cinema, serão gratuitas. O horário de visitação será de 9h às 21h até o último dia do fórum. No caso da praça de alimentação, o horário de encerramento é 22h.

A organização do evento estima que cerca de 45 mil pessoas de mais de 100 países circulem pela vila e pelo Centro de Convenções Ulysses Guimarães, onde será realizado o fórum. O movimento em torno do evento já está tendo impacto no comércio da cidade, de forma geral.

Segundo o Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Distrito Federal (Sindhobar), a taxa de ocupação da rede hoteleira subiu para 90%. “Vai ser um momento muito bom para a cidade, porque acaba movimentando toda a economia, inclusive, comércio varejista, táxis, etc. Bares e restaurantes serão bastante afetados”, disse o presidente do Sindhobar, Jael Antônio da Silva.

O Sindhobar firmou parceria com a Associação Brasileira de Bares de Restaurantes para montar o projeto Sabores do Brasil. Pela iniciativa, 25 restaurantes de Brasília oferecerão no cardápio receitas com ingredientes típicos do Brasil. O setor espera que o movimento nesses restaurantes aumente 30% e que, nos demais, o impacto fique entre 5 e 10%.

Os restaurantes também vão aproveitar a experiência da Copa do Mundo para disponibilizar cardápios em inglês e contratar funcionários bilíngues. “Fizemos um treinamento maciço aqui em Brasília para poder receber os jogos da Copa. Esse resultado, possivelmente, será aproveitado agora”, acrescentou Jael.

Trânsito

Para organizar a circulação na área do evento, o Departamento de Trânsito (Detran) e a Polícia Militar (PM) do Distrito Federal vão controlar o tráfego no Eixo Monumental e nas vias de contorno do Estádio Mané Garrincha e do Ginásio Nilson Nelson.

Os agentes do Detran e da PM também farão o monitoramento do entorno do Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, onde será realizado o Fórum Alternativo Mundial da Água. O evento paralelo deve atrair cerca de 4 mil pessoas.

Os órgãos já estão mobilizados para a sinalização da área com cones e barreiras para indicar a interdição de algumas faixas ao redor do Centro de Convenções, o isolamento das áreas de estacionamento e a delimitação das áreas de embarque e desembarque, travessia de pedestres e acesso da imprensa.

O Detran informou que o público terá acesso a 19.500 vagas para estacionar no Ginásio Nilson Nelson, área leste do Estádio Nacional, lateral do Tribunal de Contas do DF e estacionamentos do Parque da Cidade, além do Setor Hoteleiro Norte.

Segundo a PMDF, o policiamento será feito por policiais a pé, em viaturas e motocicletas e a cavalo. Também haverá patrulhamento aéreo, policiamento com cães e participação de unidades especializadas. Os policiais estabelecerão ainda perímetros de segurança, onde ocorrerá revista ao público. A PM não informou o número de profissionais envolvidos na operação por motivos de segurança.

Transporte público

O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informou à Agência Brasil que não fará operação específica nos dias do Fórum Mundial da Água, mas lembrou que os cidadãos podem usar quaisquer uma das linhas de ônibus que passam pelo Eixo Monumental para chegar ao local do evento. O passageiro tem como opção, também, pegar um ônibus até a Rodoviária do Plano Piloto e, de lá, fazer a integração com outras linhas, como a 108.6, que faz o trajeto entre o terminal, o Shopping Popular e a Rodoferroviária.

A programação completa pode ser acessada no site do fórum.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212