Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 MinC lança programa para capacitar produtores culturais sobre leis de incentivos - Jornal Brasil em Folhas
MinC lança programa para capacitar produtores culturais sobre leis de incentivos


O Ministério da Cultura (MinC) lançou hoje (15), em São Paulo, o Circuito Cultura Gera Cultura cujo objetivo é capacitar produtores culturais, gestores públicos e patrocinadores para lidar com os mecanismos de fomento à cultura disponíveis no governo federal. As equipes do MinC estarão em todas as capitais brasileiras para orientar sobre a Lei Rouanet, a Lei do Audiovisual, o Fundo Setorial do Audiovisual, entre outros.

Segundo o MinC, a primeira capital será Macapá, no dia 2 de abril. O estado foi escolhido para ser o primeiro porque foi um dos três onde não houve captação de recursos para a Lei Rouanet. Os outros foram Roraima e Acre, que recebem o circuito em 13 e 16 de abril, respectivamente. Os encontros terão formato de seminário e durarão um dia em cada capital.

Serão seminários de sensibilização e capacitação voltados sobretudo para artistas e produtores culturais e também para gestores públicos de cultura, além de potenciais patrocinadores de projetos culturais e possíveis usuários da Lei Rouanet. Nós esperamos contribuir para sensibilizar empresas que hoje não se utilizam da lei e não patrocinam projetos culturais usando os benefícios fiscais passem a fazê-lo, sobretudo apoiando projetos locais, explicou o ministro da Cultura, Sérgio de Sá Leitão.

Segundo ele, o circuito dará grande impulso à descentralização dos recursos. “A Lei Rouanet é um mecanismo de empoderamento dos contribuintes e dá a eles o poder de decisão e de escolha. Se querem recolher parte do seu imposto de renda diretamente para o governo ou se querem empregar essa parte no patrocínio a projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura. Muito importante que essa decisão de aplicar recursos localmente seja dos contribuintes, sobretudo no caso das empresas.

Sá Leitão disse que pretende participar da maior parte dos encontros, principalmente em capitais onde ainda não teve oportunidade de estar desde que assumiu o ministério. Será uma ótima oportunidade de conhecer melhor a realidade local da cultura e da produção cultural, ter uma interação com os produtores e gestores e aprender com eles e ver de que maneira podemos melhorar a atuação do Ministério.

De acordo com dados do MinC, o orçamento para a Lei Rouanet é de R$ 1,35 bilhão para este ano, de R$ 300 milhões para a Lei do Audiovisual e cerca de R$ 1,2 bilhão para o programa Audiovisual Gera Futuro, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual, o que representa apenas 0,64% do montante total das renúncias concedidas pelo governo federal, calculada em R$ 284,8 bilhões.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212