Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Canadá aposta na energia nuclear para reduzir pegada de carbono - Jornal Brasil em Folhas
Canadá aposta na energia nuclear para reduzir pegada de carbono


Canadá, o segundo maior produtor mundial de urânio, aposta na energia nuclear para reduzir sua pegada de carbono e quer encorajar a comunidade internacional a incorporar esta tecnologia na luta contra as mudanças climáticas, informou nesta quinta-feira a TV estatal.

Trata-se de uma mudança radical por parte do governo de Justin Trudeau, cujo Marco Pan-canadense para o Crescimento Limpo e as Mudanças Climáticas, apresentado em dezembro de 2017, não menciona a energia nuclear.

O Canadá se aliou aos Estados Unidos e Japão para incluir esta forma de energia nas discussões internacionais sobre a transição energética, particularmente na Conferência Ministerial de Energia Limpa (CEM), que reúne governos e o setor privado.

A nona edição desse fórum será realizada em maio na Dinamarca com o patrocínio da Comissão Europeia, e em 2019 no Canadá.

O governo de Trudeau quer aproveitar esta oportunidade para pôr a energia nuclear no centro dos esforços globais para lutar contra as mudanças climáticas, assegurou Kim Rudd, secretária parlamentar de Recursos Naturais, durante discurso na Associação Nuclear Canadense, no final de fevereiro.

O CEM se reunirá novamente em Copenhague em maio e nos asseguramos de que a energia nuclear vai ter seu lugar em uma discussão ampla e de alto nível sobre uma transição global para uma economia baixa em carbono, disse Rudd ao lobby da indústria nuclear.

A energia nuclear não emite gases de efeito estufa como os combustíveis fósseis que causam as mudanças climáticas, mas são uma fonte de energia controversa, particularmente devido a seus resíduos tóxicos, que são difíceis de tratar.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212