Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma será processado por corrupção - Jornal Brasil em Folhas
Ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma será processado por corrupção


O ex-presidente sul-africano Jacob Zuma será julgado por corrupção em um caso de contrato de armamento com indústrias estrangeiras que remonta aos anos 1990, anunciou nesta sexta-feira a procuradoria.

Há motivos razoáveis para pensar que as ações judiciais contra Zuma darão resultados, declarou o procurador-geral Shaun Abrahams em coletiva de imprensa em Pretória.

A justiça suspeita que Zuma cobrou propinas em um contrato de armamento de 5,16 bilhões de dólares, assinado em 1999 pela África do Sul com várias empresas estrangeiras, entre elas a francesa Thalès. Na ocasião, era vice-presidente do país.

O ex-presidente será julgado por fraude e corrupção.

A procuradoria-geral disse que a filial local de Thales também será julgada ao mesmo tempo que o ex-presidente.

A empresa Thales não quis fazer comentários.

Em 2005, o ex-conselheiro financeiro de Zuma, Schabir Shaik, foi condenado a 15 anos de prisão por obter propinas.

O presidente Thabo Mbeki aproveitou a ocasião para demitir seu adversário Zuma, acusado por corrupção.

As ações judiciais foram anuladas por ausência de provas e Zuma obteve sua revanche política no final de 2007, tirando Mbeki da presidência do partido ANC.

Sua alegria durou pouco, pois dez dias depois a justiça voltou a indiciá-lo.

Mais uma vez, a justiça decidiu, em 2008, invalidar o processo questões técnicas.

Meses depois, Zuma foi eleito presidente e o caso pareceu definitivamente enterrado.

Mas o principal partido opositor, Aliança Democrática (DA), conseguiu pressionar os magistrados encarregados do caso graças a gravações telefônicas.

Em 2016, a justiça ordenou o restabelecimento do caso contra Zuma.

Zuma, debilitado por vários escândalos de desvios de recursos públicos, anunciou em um discurso televisionado à nação que havia tomado a decisão de se renunciar ao cargo, embora estivesse em desacordo com a direção de seu partido.

O ex-sindicalista e empresário Cyril Ramaphosa assumiu o lugar de Zuma, de 75 anos e estava no poder desde 2009.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212