Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Agroindústria familiar e de pequeno porte está isenta de taxas da Sema - Jornal Brasil em Folhas
Agroindústria familiar e de pequeno porte está isenta de taxas da Sema


As pequenas instalações destinadas ao abate e/ou processamento e à industrialização de produtos de origem animal e vegetal terão a garantia de comercialização dos produtos com inspeção municipal por meio do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte de Mato Grosso (Susaf-MT). Criado pela lei estadual 10.502/2017, o programa terá uma gerência composta por servidores Secretaria de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária (Seaf), do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), sendo vinculado à primeira.

Os empreendimentos que se enquadram no programa, conforme parâmetros de volume de transformação definidos em lei, terão isenção de taxas e emolumentos da Sema. Também compete ao órgão ambiental orientar os serviços de inspeção municipal e as agroindústrias familiares para garantir o cumprimento das normas ambientais vigentes. Outra vantagem para os pequenos, é a simplificação do licenciamento.

De acordo com o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby, a iniciativa do Governo de Mato Grosso ratifica o empenho em garantir a inclusão da agricultura familiar no processo produtivo. “Nesse sentido, a Sema abraçou a causa por acreditar na importância de darmos a devida atenção aos agricultores familiares para que estes produzam, seguindo a legislação ambiental, e possam ter acesso a novas linhas de crédito e agregar valor ao produto”, defende o gestor.

A iniciativa do Governo de Mato Grosso em instituir o Susaf-MT integra o conjunto de ações do eixo Incluir da Estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI). Lançada durante a 21ª Conferência das Partes (COP-21), em Paris, o projeto nasceu de uma construção coletiva entre poder público, entes privados e sociedade civil organizada. O objetivo é captar recursos para o Estado de Mato Grosso com foco na expansão e aumento da eficiência da produção agropecuária e florestal, na conservação dos remanescentes de vegetação nativa, na recomposição dos passivos ambientais e na inclusão socioeconômica da agricultura familiar, além de gerar a redução de emissões e sequestro de carbono de 6 GTonCO2, mediante o controle do desmatamento e o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212