Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Interno do sistema socioeducativo é aprovado na UFMT e serve de exemplo - Jornal Brasil em Folhas
Interno do sistema socioeducativo é aprovado na UFMT e serve de exemplo


Mesmo diante de adversidades, o estudante A.S.G.J. de 18 anos, que cumpre medidas socioeducativas no complexo do Pomeri, conseguiu ser aprovado e matriculado na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), para o curso de bacharelado em Física para este ano letivo.

Para obter notas suficientes e ser alçado ao curso superior, o jovem aproveitou o Projeto Educar, da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), que norteia as ações pedagógicas a serem desenvolvidas nas unidades escolares que atendem o estudante em cumprimento de medidas socioeducativas - a EE Meninos do Futuro.

Os obstáculos foram vencidos graças ao empenho do estudante que conseguiu superá-los demonstrando que, mesmo segregado dentro de um ambiente vulnerável, é possível obter notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e estudar numa universidade pública. Seu exemplo pode ser seguido pelos demais internos do Sistema socioeducativos.

A.S. chegou no ano passado ao Pomeri, quando aproveitou a chance de estudar, fazendo o teste no estágio inicial. Em seguida, passou pelo intermediário e seguiu para o avançado e pode aprimorar os conhecimentos. Com os estudos, o estudante acredita na oportunidade de um recomeço, repleto de inúmeras possibilidades.

Aos profissionais da escola, ao receber a notícia de aprovação no curso de bacharelado, o estudante chegou a admitir que estava surpreso em ter acesso ao ensino superior, mas adiantou que não vai desperdiçar a chance.

De acordo com A.S., os colegas também comemoraram e ele serviu de referência – os que estão no estágio avançado de estudo da EE Meninos do Futuro também almejam estudar numa universidade.

Os educadores citam a educação como um caminho de esperança e resgate, deixando um recado para a impossibilidade - tudo é possível. Eles lembram que desenvolvem um excelente trabalho com os estudantes da unidade, fatos comprovados com os resultados de aprovações no IFMT, UFMT e de premiações em concursos de redações.

No entendimento dos profissionais, o caso de A.S. deve ser um divisor de águas para dar início a esse processo, constituindo experiências e mudanças que apontem para novas direções para os adolescentes, dentro dos padrões sociais aceitos.

O secretário adjunto de Política Educacional da Seduc, Edinaldo Gomes de Sousa, acredita que a prática pedagógica deve criar condições efetivas para a construção de experiências significativas na vida dos diferentes atores sociais envolvidos no processo pedagógico.

“Com isso, atendendo de forma humana, solidária e fraterna todos os educandos que se encontram privados de liberdade. É nessa perspectiva que a Seduc desenvolve sua proposta pedagógica, pautada na educação inclusiva e de qualidade, a qual possibilita a transformação social”, destaca.



 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212