Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Centro de Ensino Fundamental Queima Lençol é oficialmente inaugurado - Jornal Brasil em Folhas
Centro de Ensino Fundamental Queima Lençol é oficialmente inaugurado


O Centro de Ensino Fundamental Queima Lençol, na Fercal, foi oficialmente inaugurado nesta quinta-feira (15).

A escola facilitou a vida dos cerca de 13 mil moradores de Queima Lençol e das comunidades próximas desde o início do ano letivo, em 15 de fevereiro. Faltava, porém, uma solenidade de inauguração.

Desde o começo do ano, o estudante Victor Hugo Costa, de 12 anos, morador de Queima Lençol, leva menos tempo para chegar à escola. “Venho de ônibus escolar, e minha casa fica mais perto daqui que do colégio de Sobradinho II, onde eu estudava antes. Facilitou a chegada”, disse.

Para o estudante do 7º ano C, a escola é boa, mas ele aguarda a construção de uma quadra de esportes para educação física. “É a aula que eu mais gosto”, disse.

“A escola está pronta e linda. A quadra de esportes só não foi entregue ainda porque identificamos uma nascente no local. Pedi ao Ibram [Instituto Brasília Ambiental] agilidade na emissão da licença ambiental”, disse o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, na cerimônia desta manhã.

Segundo ele, assim que tiver o documento, a obra será concluída em dois meses. Também está sendo feito um estudo para que seja lançada licitação para contratar uma empresa para asfaltar o acesso à instituição, que fica em uma área rural do DF.

São 683 alunos, alternados em períodos matutino (das 7 às 12 horas) e vespertino (das 12h30 às 17h30). Eles estudavam em um prédio temporário em Sobradinho II.

Uma das 676 escolas da rede pública (contando com os 16 centros interescolares de línguas), a unidade de ensino oferece turmas do 4º ao 9º ano — as do 6º e do 7º anos são pela manhã, e as do 4º, 5º, 8º e 9º, à tarde.

A construção da escola decorreu de um termo de ajustamento de conduta firmado entre a Cimento Planalto (Ciplan), empresa de fabricação de cimento instalada na Fercal, e o governo de Brasília, como compensação socioambiental. O valor é de R$ 9 milhões e engloba uma unidade básica de saúde (UBS), ainda não finalizada.

“Demorou 12 anos para que essa escola chegasse ao ponto em que está. Espero que aproveitem e aprendam muito”, ressaltou o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho.

“Aproveitem, pois não existe transformação social sem educação”, disse o presidente da Ciplan, Sérgio Bautz.

A escola conta com 12 salas de aula, três laboratórios e área de leitura. Além disso, há espaço reservado para quadra de esportes e parque infantil.

Leia o pronunciamento do governador Rodrigo Rollemberg durante inauguração do CEF Queima Lençol.

Edição: Paula Oliveira

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212