Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Comitê britânico sobre o Brexit sugere retardar saída da UE - Jornal Brasil em Folhas
Comitê britânico sobre o Brexit sugere retardar saída da UE


A saída oficial do Reino Unido da União Europeia pode ser retardada, devido à existência de várias questões-chave das negociações ainda sem resolver, sugeriu neste domingo (noite de sábado no Brasil) o comitê para o Brexit do Parlamento britânico.

Em um novo relatório sobre o avanço das negociações, o Comitê de Saída da União Europeia informou que tinha-se avançado pouco em temas-chave como manutenção de uma fronteira aberta entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

O divórcio entre o Reino Unido e a UE está previsto para 29 de março de 2019, quase três anos depois do referendo no qual votou-se pela saída do bloco comunitário. As negociações sobre a futura relação entre as duas partes deveriam ser finalizadas em outubro.

Se em outubro de 2018 ainda houver aspectos fundamentais sobre a futura associação não acordados, o governo deveria buscar uma extensão limitada do prazo do Artigo 50 do Tratado da União Europeia (que estipula a saída de um país do bloco), destaca o comitê, do qual a maioria dos membros apoiou a permanência britânica.

Segundo o líder do comitê, Hilary Benn, as negociações se encontram em uma fase crítica [...] com apenas sete meses mais para alcançar um acordo em toda série de questões muito complexas.

O governo deve apresentar agora propostas confiáveis e detalhadas sobre como pode operar uma fronteira sem atritos entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, acrescentou o deputado, da oposição trabalhista.

Não conhecemos nenhuma fronteira internacional para além das fronteiras internas da UE, que funcionem sem checagens e sem uma infraestrutura física, destacou.

Entre as outras questões a resolver está o estatuto dos cidadãos de países da UE que cheguem ao Reino Unido durante o período de transição, no qual o país seguirá aplicando as normas europeias em troca de ter acesso ao mercado comum durante um período de até dois anos até a saída oficial.

O comitê advertiu que conceder direitos diferentes aos que chegarem antes da saída britânica seria incompatível com o direito europeu.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212