Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Voos de helicóptero em NYC terão novas restrições após acidente - Jornal Brasil em Folhas
Voos de helicóptero em NYC terão novas restrições após acidente


As autoridades federais dos Estados Unidos anunciaram que vão revisar as regras de segurança para voos de helicóptero a portas abertas, muito apreciados por amantes da fotografia, após o acidente que deixou cinco mortos no domingo passado em Nova York.

Após uma falha ainda inexplicada, um helicóptero Eurocopter AS350, da empresa Liberty, especializada em voos turísticos a portas abertas, caiu no domingo nas águas geladas do East River, entre Manhattan e o Queens.

Só o piloto conseguiu tirar o cinto que o prendia e sair da aeronave, enquanto esta afundava. Os cinco passageiros - quatro americanos e uma argentina - morreram, aparentemente porque não conseguiram se desprender de seus cintos.

Desde o domingo, vários especialistas informam que as normas de segurança sobre este tipo de voo são insuficientes e que os passageiros ignoram como acessar a faca que permite cortar o cinto em caso de acidente.

A autoridade que regulamenta a aviação civil americana, a Federal Aviation Administration (FAA), indicou na terça-feira que examinava com urgência o uso destes dispositivos de segurança.

Nesta sexta-feira, anunciou em um comunicado que determinaria aos pilotos e operadores de voos a portas abertas adotar medidas para reduzir os riscos. Também disse que proibirá, entretanto, os voos que impliquem cintos que não podem ser desajustados rapidamente em caso de emergência.

A FAA acrescentou que reexaminará de A a Z as regras para estes voos para eliminar qualquer risco de má operação.

Os voos a portas abertas, nos quais os passageiros conseguem tirar fotos belíssimas porque não há janelas como obstáculos à visão, são oferecidos por várias companhias aéreas sobre os arranha-céus de Manhattan ou em muitos outros locais turísticos dos Estados Unidos, de Miami à baía de San Francisco, passando pelo Grand Canyon, no Colorado.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212