Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Chaves para entender o Pantanal - Jornal Brasil em Folhas
Chaves para entender o Pantanal


Reconhecido como Reserva da Biosfera pela Unesco e santuário de uma riquíssima fauna selvagem, o Pantanal é uma das maiores áreas úmidas do planeta, com uma extensão superior a 170.500 km2, segundo WWF.

- O que é uma zona úmida? -

As zonas úmidas são ecossistemas influenciados por inundações. Os rios da região alagam anualmente 80% do Pantanal. O processo começa em outubro com o início da estação chuvosa.

Este sistema cria uma enorme concentração de vida animal. Os peixes retidos em lagoas e áreas inundadas atraem uma grande variedade de pássaros.

- Onde está localizado o Pantanal? -

Aproximadamente 62% do Pantanal se encontra na região centro-oeste do Brasil, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Também se estende pelo norte do Paraguai (20%) e leste da Bolívia (18%), onde é conhecido como Chaco.

- Qual a sua importância ambiental? -

Segundo a organização WWF, o Pantanal abriga 656 espécies de aves, 159 de mamíferos, 325 espécies de peixes, 98 de répteis, 53 de anfíbios e mais de 3.500 plantas.

Muitas espécies ameaçadas em outras regiões do Brasil são encontrada em número considerável no Pantanal, como o pássaro símbolo da região, o tuiuiu.

Apesar da expansão da pecuária, praticada há mais de 200 anos na região, o Pantanal conserva mais de 85% de sua cobertura vegetal nativa, constituída principalmente por uma savana.

O Pantanal foi reconhecido em 2000 como Reserva da Biosfera pela Unesco.

- Alguns animais do Pantanal -

. Onça-pintada (Panthera onca): é o maior felino das Américas, em perigo de extinção. A onça-pintada do Pantanal chega a pesar 200 quilos, alimenta-se de 85 espécies deste ecossistema, onde há grande concentração desses felinos. Geralmente vive nas margens do rio Paraguai e é uma excelente nadadora.

. Sucuri-amarela (Eunectes notaeus): chega a medir 4,5 metros, alimenta-se de aves, peixes e pequenos mamíferos.

. Jaburu ou Tuiuiu (Jabiru mycteria): ave símbolo do Pantanal, com até 1,5 m de altura.

. Ariranha, (Pteronura brasiliensis): Pode chegae a pesar 30 quilos. Estima-se que o Pantanal concentre 10% da população total dessa espécie presente na Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela.

. Pintado (pseudoplatystoma coruscans): De até um metro, é um dos peixes favoritos dos pescadores no Pantanal.

. Capivara (Hydrochoerus hydrochaeris): maior roedor do mundo, vive perto da água, principalmente em grupos.

. Jacaré-do-Pantanal (Caiman yacare): mede até 2,5 metros, alimenta-se de peixes, aves e pequenos mamíferos.

- Qual o seu interesse turístico? -

O Pantanal é considerado um paraíso da pesca. Os favoritos são o pintado e o dourado.

A principal atividade econômica é a pecuária. A segunda é a pesca, embora o governo esteja aumentando as restrições.

Pouco a pouco, o turismo está ganhando espaço, interessado na observação da fauna e suas riquezas naturais.

Devido às suas características, o Pantanal atrai um enorme número de aves e animais e é o local mais fácil de observar a vida selvagem do que em qualquer outro lugar no Brasil, incluindo a Amazônia, especialmente na estação seca, de julho a outubro, porque as espécies se reúnem nas lagoas que se formam após as inundações.

- Quais são as principais ameaças a este habitat?

O Pantanal é frágil porque depende de um ciclo hidrológico regular. Qualquer alteração, mesmo que a milhares de quilômetros dos rios que o alimentam, altera a sua biodiversidade.

As principais ameaças derivam da atividade humana: a expansão da agricultura em áreas próximas a seus rios e o uso de pesticidas, agricultura e pecuária insustentáveis, a multiplicação de projetos de infraestruturas (hidroelétricas, vias navegáveis), desmatamento e incêndios.

Apenas 4,4% do Pantanal está protegido por algum tipo de unidade pública de conservação.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro elogia Mandetta e Wagner Rosário, ministros anunciados hoje
Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212