Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estado incentiva o fortalecimento da economia popular solidária nos municípios - Jornal Brasil em Folhas
Estado incentiva o fortalecimento da economia popular solidária nos municípios


As ações da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) de fortalecimento da economia solidária local e de consolidação das políticas públicas voltadas para esse segmento ganham cada vez mais capilaridade em Minas.

Nessa quinta-feira (15/3), a prefeitura de Diamantina, no Território Alto Jequitinhonha, inaugurou o Centro de Apoio à Agricultura Familiar e Economia Solidária (Caafes), no Terminal Rodoviário do município, para comercialização dos produtos da Economia Popular Solidária e dos produtores rurais da região.

Denominado Ponto Fixo, o espaço será utilizado para a comercialização de bens produzidos pelos empreendimentos da sede e distritos de Diamantina, a partir de uma relação comercial baseada nos princípios da economia solidária e do comércio justo solidário.

A iniciativa para implantação dessa loja foi das secretarias municipais de Desenvolvimento Social e da de Meio Ambiente, que reunirão, em um mesmo local, tanto o produtor rural da agricultura familiar como os empreendimentos urbanos da economia solidária.

O Ponto Fixo vai incentivar a geração de renda entre empreendedores da agricultura familiar e economia solidária, fomentando o comércio local.

Serão comercializados no espaço flores sempre-vivas, artesanato de palha e tecido, quitandas caseiras, mel, farinhas, tapetes, doces caseiros, panos de pratos, polpas de frutas, queijo, entre outros produtos, todos oriundos de empreendimentos de Diamantina, seus distritos e povoados.

A iniciativa da Prefeitura Municipal de Diamantina conta com a parceria da Sedese, da Câmara Municipal, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), da Cáritas Brasileira, do Projeto Caminhando Juntos de Diamantina (Procaj) e da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

Local

O espaço da rodoviária foi escolhido pelo grande fluxo de turistas no local e faz parte também do Projeto RodoViva, de Diamantina, que envolve uma série de ações para melhorar o aproveitamento do espaço do terminal para toda a população.

Durante a inauguração da Caafes, a secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, destaca a importância das parcerias do Estado com os municípios nesse momento delicado pelo qual passa a economia do país.

“A agricultura familiar, os artesanatos e os trabalhos que serão comercializados neste novo espaço, vão ajudar as famílias a minimizar essa fase ruim”, salienta a secretária.

Já a conselheira municipal de Economia Solidária, Maria da Piedade, enfatiza que este espaço é fruto de um grande aprendizado que envolve “muita solidariedade, amor e respeito”.

Da mesma forma, o ex-secretário da Sedese, deputado estadual André Quintão, afirma que a Caafes é resultado de uma construção coletiva. “Assumimos (quando secretário) o compromisso de instalação da Regional da Sedese aqui e ele foi cumprido. Está funcionando e atendendo às demandas do território”, lembra.

Patrícia de Jesus Santos vai vender polpa de fruta produzida na associação Agro Industria Sabor do Vale, em Maria Nunes, distrito de Diamantina. O Ponto Fixo foi uma grande reivindicação. É nossa esperança, nossa salvação. Aqui é um espaço fácil de vender porque é na rodoviária, tem divulgação e é de fácil acesso, comemora.

Ações da Sedese

Dentre as ações da Sedese de consolidação da Política de Economia Solidária no Estado está o fomento à criação de espaços de comercialização para os empreendimentos solidários em Minas Gerais. Além do Ponto Fixo da Cidade Administrativa, já foram implantados de 2015 até o final do ano passado 24 espaços de comercialização da Economia Popular Solidária em Minas.

O município de Diamantina sedia a Regional da Sedese e recebeu da Subsecretaria de Trabalho e Emprego e da Superintendência de Empreendedorismo e Economia Popular Solidária da Sedese um kit de barracas com 30 unidades personalizadas.

Em breve também receberá um kit de sonorização para área externa, que vai facilitar a realização de feiras da Economia Popular Solidária. Este kit já foi adquirido e a Sedese aguarda apenas a entrega do produto pelo fornecedor para o repasse a cada uma Regional da Secretaria.

“O Ponto Fixo de Diamantina, o Caafes, é exemplo de resultado de uma ação da Sedese, que executou oficinas locais para criação e melhor funcionamento dos Conselhos Municipais de Economia Solidária. Quando os Conselhos têm essa compreensão, eles ajudam muito a construir a política pública. Então, a iniciativa de Diamantina, com apoio do controle social local, está dentro desse contexto, de fortalecimento da economia solidária”, explica a superintendente de Política de Empreendedorismo e Economia Popular Solidária da Sedese, Léa Lúcia Cecílio Braga

A superintendente reforça que o papel da Sedese é o de apoiar todas essas iniciativas. “A instalação do Ponto Fixo, traduz um resultado da ação da secretaria, de apoio técnico, de orientação para a implementação da economia solidária local”, enfatiza Léa Braga.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212