Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cemig apresenta recomendações e cuidados para a utilização de dispositivos móveis - Jornal Brasil em Folhas
Cemig apresenta recomendações e cuidados para a utilização de dispositivos móveis


Os celulares e outros dispositivos móveis fazem parte do dia a dia de grande parte da população. Mas, apesar de populares, esses aparelhos requerem cuidados para evitar possíveis acidentes com a rede elétrica.

De acordo com o engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, Demetrio Aguiar, o uso desses aparelhos, enquanto estiverem sendo recarregados, podendo ocasionar superaquecimento da bateria e dos componentes internos, o que pode resultar em explosão ou danos irrecuperáveis ao dispositivo.

O uso de carregadores não originais também pode danificar os aparelhos, já que sua produção não atende aos padrões internacionais exigidos pelos fabricantes dos aparelhos. Até por isso, eles têm um preço bastante atrativo mas não trazem segurança no uso.

“Os carregadores ‘piratas’ são relativamente mais simplificados e alguns itens importantes para a segurança dos usuários são inexistentes. Nos casos em que o carregador apresenta defeito, há o risco de a tensão de entrada, que é de 127 ou 220 volts à saída, passar dessa normalidade, podendo energizar e danificar o aparelho, ocasionando, ainda, choque elétrico, explosões e princípios de incêndio. Por isso, o ideal é desconectá-los do carregador ao atender chamadas ou enviar mensagens”, afirma.

O carregamento deve ser feito com o aparelho sobre uma superfície lisa e bem ventilada, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, cortinas, forração de sofás, entre outros. “Em caso de princípio de incêndio, tais materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros cômodos da casa ou do apartamento”, alerta.

Demetrio Aguiar destaca também que os dispositivos móveis devem ser evitados em alguns ambientes.

“O uso desses aparelhos nos banheiros e cozinhas é ainda mais preocupante, pois esses locais contêm água nas pias, lavatórios e vasos sanitários. Se o aparelho entrar em contato com água, ele pode danificar-se e, caso esteja conectado ao carregador, até provocar choque elétrico nas pessoas que o manuseiam”, afirma.

Outro alerta importante é que, durante as tempestades, o uso do aparelho só poderá ser feito se o aparelho não estiver conectado ao carregador.


 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212