Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governador visita HTO e comemora mais de mil cirurgias em cinco meses - Jornal Brasil em Folhas
Governador visita HTO e comemora mais de mil cirurgias em cinco meses


Cinco meses após entregar à população Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), o governador Flávio Dino retornou à unidade, neste sábado (17), acompanhado do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, para comemorar junto a pacientes e profissionais de saúde o marco de mais de mil cirurgias realizadas no local. No período, foi registrado um total de 12.696 atendimentos, encerrando décadas de déficit de atendimento na área.

O HTO é o primeiro do estado de alta complexidade exclusivo na área e tem garantido atendimento ágil e resolutivo à população, diminuindo uma fila que, até outubro, chegava a dois anos de espera. O governador Flávio Dino destacou o empenho dos profissionais de saúde que garantiu a conquista das mil cirurgias em cinco meses de funcionamento. “Este número de cirurgias já realizadas é uma grande conquista para o nosso estado. Quero agradecer muito a toda equipe pela marca de mil cirurgias. Isso mostra que este hospital foi um passo acertado. Permitiu que o antigo Hospital Geral se transformasse efetivamente no hospital de câncer. Temos aqui uma alta produtividade e esse evento é para comemorar, agradecer e reconhecer em nome de todo povo do Maranhão. É um orgulho ver nossa equipe desempenhando este trabalho sempre com essa dedicação e eficiência em favor da saúde da nossa população”, afirmou Flávio Dino.

O HTO fez com que a saúde pública do estado avançasse no cuidado humanizado, uma das prioridades do Governo do Estado e da Secretaria de Estado da Saúde (SES). De outubro até o início de março, o hospital registrou 1.033 cirurgias, 744 pequenos procedimentos (troca de curativos, pontos, pequenas cirurgias), 6.508 consultas, além de 4.411 exames (raio-x, tomografia, eletrocardiograma e ultrassonografia).

O secretário Carlos Lula ressaltou que o HTO representa a democratização do atendimento com qualidade em trauma ortopédico aos maranhenses. “O HTO representa um avanço muito grande. Aumentamos de 30 cirurgias mensais em 2014 para centenas. O que demonstra o acerto da decisão de fazê-lo. Melhoramos tanto a ortopedia no estado, quando o Hospital de Câncer passou a definitivamente atender somente casos de câncer. As filas nos Socorrões também diminuíram bastante. Estamos pensando saúde de acordo com as necessidades da população”, disse.

Segundo o diretor clínico do HTO, Newton Gripp, o marco de mais de mil cirurgias e a referência do hospital como uma unidade de qualidade avançada é fruto de muito trabalho e dedicação. Um reconhecimento merecido por parte do governador. “A equipe está de parabéns por este marco. A expectativa é que aumente mais a produtividade. É como uma seleção que se junta para treinar e depois vem o entrosamento. Com isso, aumentam os gols. A qualidade é o foco do nosso atendimento. Tudo o que fazemos é para o bem-estar do paciente”, ressaltou.

Estiveram presentes na solenidade, a subsecretária da Saúde, Karla Trindade e secretários adjuntos da saúde.

Homenagens

O governador Flávio Dino entregou duas placas de agradecimento, uma para o ortopedista Henrique Salgueiro Rios, e outra para a enfermeira Renata Gonçalves da Silva, coordenadora do Núcleo Interno de Regulação. Uma homenagem simbólica aos mais de 300 profissionais que compõem o corpo técnico do HTO e que têm se dedicado ao hospital.

“Gostaria de parabenizar o governador pelo hospital. Hoje, o trauma é uma epidemiologia que está aumentando. O HTO está tratando os pacientes que voltam mais rapidamente aos seus afazeres. É uma vitória que conseguimos junto ao governador. O mais importante é o paciente, o foco é sempre beneficiar a população do Maranhão”, comentou o médico.

Na ocasião, o governador aproveitou para visitar e conversar com pacientes internados na unidade. Um deles foi a aposentada Leonor Maria de Jesus Prazeres, de 72 anos, que aguardava para ir ao centro cirúrgico para uma cirurgia no fêmur. Ela fraturou o osso após uma queda no dia 23 de fevereiro no município de Bom Lugar. Leonor veio para o HTO encaminhada do Hospital Regional Laura Vasconcelos, em Bacabal.

“É uma mudança na saúde pública para todo o estado. Menos de um mês para ser operada é bom, diminui o sofrimento da gente. Tenho muito que agradecer ao governador, por causa do trabalho dele e de sua equipe que estou aqui”, frisou a paciente.

O hospital

A estrutura do HTO conta com 44 leitos – 10 deles de UTI -, três centros cirúrgicos, posto de enfermagem, sala de repouso, salas de curativo, além de alas especializadas para atendimento de crianças e idosos. Realiza mais de 200 cirurgias por mês, número que tem aumentado progressivamente.

A perspectiva é que cheguem a 400 cirurgias/mês. Com corpo clínico com mais de 45 médicos e equipamentos de alta tecnologia, a unidade oferece atendimento ambulatorial e cirúrgico, marcação de consultas, análises clínicas, exames de imagem (Raios-X, Ultrassonografia e Tomografia). Para ter acesso à unidade, é preciso ser encaminhado por outras unidades de saúde do estado para serem acolhidos na unidade de traumatologia e ortopedia.

 

Últimas Notícias

Temer sanciona MP 846 e o Brasil tem as apostas esportivas legalizadas
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212