Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo reúne entidades para discutir sobre o Banco de Alimentos - Jornal Brasil em Folhas
Governo reúne entidades para discutir sobre o Banco de Alimentos


A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes) convocou para uma reunião, na sexta-feira (16), com presidentes e representantes das entidades que serão beneficiadas com a implantação do Banco de Alimentos no Maranhão. O objetivo foi informar a operacionalização do Banco e esclarecer às instituições quais os documentos que serão exigidos para que elas participem do projeto.

A criação do Banco de Alimentos no estado foi desenvolvida em parceria com a Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros e com a Central de Abastecimento do Maranhão (Ceasa), a fim de minimizar os efeitos da fome e o desperdício de alimentos próprios para consumo, que complementarão a alimentação de milhares de pessoas em situação de risco alimentar e social. O secretário da Sedes, Neto Evangelista, explicou que o Banco de Alimentos é mais um grande investimento do Governo do Estado em prol das famílias maranhenses que ainda estão dentro do índice de insegurança alimentar.

“O governador Flávio Dino tem investido fortemente na política de segurança alimentar, desde o aumento dos equipamentos, como restaurantes populares, cozinhas comunitárias e agora o Banco de Alimentos que, além de fazer toda essa rede de arrecadação e doação de alimentos, vai constituir uma rede de ensino e capacitação de segurança alimentar para que a política não fique só no equipamento, mas que possa passar para dentro das comunidades”, afirmou o secretário Neto Evangelista.

Para Marinalva Jesus Couto, representante na Associação de Moradores da Vila Mauro Fecury II, o projeto do Governo do Estado, que será executado pela Sedes, vai melhorar muito a vida das famílias daquele bairro. “Nossa região precisa de muitas melhorias, de um olhar mais cuidadoso por parte do poder público. Por isso, a cada ação, vibramos de alegria. E este momento aqui, ao saber que seremos agraciados com um projeto macro como a implantação de um Banco de Alimentos que atenderá nosso bairro, é de uma felicidade muito grande para todos nós. Sabemos que essa iniciativa mudará para melhor a vida de muitas famílias”, disse Marinalva.

Pensamento similar tem a dona Deusimar Rezende Lima, que representou a Escola Comunitária Professor Cidinho Marques, localizada no bairro Pirâmide – Paço do Lumiar. “Nossa escola atende 100 crianças e funciona em um bairro carente, com essa iniciativa do poder público, vamos conseguir oferecer aos nossos alunos uma alimentação mais diversificada e de qualidade”, explicou.

Segundo a secretária Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvídia Caldas, o projeto foi implantado para públicos específicos. São eles: Pessoas inscritas no CadÚnico, famílias, crianças, adolescentes, adultos, idosos e outros em situação de insegurança alimentar e nutricional e vulnerabilidade social, entidades sociais cadastrados no Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), mediante prévia análise situacional realizada pela equipe técnica da Sedes e entidades da rede sócioassistencial regularmente constituídas, que atendam a indivíduos em situação de vulnerabilidade social.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212