Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Primeira edição do Mulher Cidadã de 2018 atende mais de duas mil pessoas - Jornal Brasil em Folhas
Primeira edição do Mulher Cidadã de 2018 atende mais de duas mil pessoas


Mais de duas mil pessoas foram atendidas pelos programas Mulher Cidadã e Saúde Itinerante neste fim de semana, em Sena Madureira.

Zenilda Nunes, moradora do Parque Estadual Chandles, que estava há 12 anos sem atendimento médico, foi uma das beneficiadas com a ação. Ela viajou durante três dias em busca de atendimento médico e de cidadania. “Apesar do meio de transporte ser apenas por barco e no inverno, reunimos toda a família e viemos em busca de dias melhores com mais saúde. Hoje me consultei, fiz exames e fui medicada. Estou voltando para casa tranquila e feliz”, confessou Zenilda.

Ao melhorar a vida das pessoas que residem na zona rural e em áreas de difícil acesso, oferecendo serviços de saúde, cidadania, economia, segurança pública e justiça, programas como o Mulher Cidadã e Saúde Itinerante, ambos idealizados pelo governador Tião Viana, estão cumprindo com seu papel.

Ao gabinete da vice-governadora, Nazareth Araújo, ficou a responsabilidade de executar o Mulher Cidadã que, em seu quarto ano de atuação, já beneficiou milhares de pessoas, justamente àquelas que mais precisam e menos têm.

“Estamos cumprindo com nosso papel, que é o de bem servir a população, entregando o que temos de melhor. É muito bom quando a presença do estado significa a permanência das boas políticas públicas. Estaremos ao longo do ano entregando aquilo que nós queremos: Igualdade de oportunidade, cidadania para homens e mulheres onde quer que eles estejam no estado do Acre”, frisou a vice-governadora, Nazareth Araújo.

Acessibilidade a cidadania

O Mulher Cidadã tem como público alvo mulheres em situação de vulnerabilidade e todo o universo feminino: maridos, filhos e familiares. Sua meta é reduzir os índices de violência contra a mulher, de gravidez na adolescência, de risco de morte materna, do índice de mortalidade infantil e de redução do índice de abuso e exploração sexual infantil.

Grávida de seis meses, Laíde Vicente Rodrigues, moradora do seringal Novo Destino, assim como a maioria das pessoas que foram atendidas, também viajou durante vários dias para chegar ao tão sonhado local que estaria realizando a primeira consulta do seu pré-natal.

“Hoje posso confessar que estou em paz e tranquila por saber que está tudo bem com meu filho e comigo. Volto para casa na sensação de dever cumprido, busquei orientações sobre como proceder até o final da gravidez. Essas ações de governo fazem muito bem para gente. Essa atitude é louvável e deve ser aproveitada mais pela população”, disse.
Várias especialidades

A coordenadora do Saúde Itinerante, Celene Maia, revelou que nesta edição foram disponibilizados 20 médicos nas mais variadas especialidades, desde neuropediatria, neurologia, ginecologia/obstetrícia, geriatria e outros.

“Mais uma vez estamos trazendo esses atendimentos para suprir a necessidade dessas pessoas que residem em locais distantes. “Ao trazermos os médicos, os exames e os medicamentos tornamos a vida delas mais fáceis e ainda estamos cumprindo com nossa missão”, disse Celene.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212