Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump defende pena de morte contra tráfico de drogas - Jornal Brasil em Folhas
Trump defende pena de morte contra tráfico de drogas


Donald Trump apresentou nesta segunda-feira seu plano de combate aos opioides, que provocam milhares de mortes por overdose a cada ano nos Estados Unidos, e reafirmou sua posição favorável à pena de morte para certos traficantes de drogas.

Se não formos duros com os narcotraficantes, estaremos perdendo tempo (...) e este rigor inclui a pena de morte, disse Trump nesta segunda-feira em Manchester, New Hampshire.

Quero ganhar esta batalha. Não quero sair daqui a sete anos sem ter este problema resolvido, declarou Trump, já antecipando sua reeleição na presidência.

Eu viajo a outros países e pergunto: como vocês lidam com o problema das drogas? E eles respondem: não temos problema de drogas.

O que querem dizer? - eu insisto e eles respondem. Temos tolerância zero com os traficantes de drogas (...). Temos a pena de morte.

A luta contra a dependência em opioides, um problema de saúde pública nos Estados Unidos, é considerada uma prioridade por Donald Trump.

Em 2016, os Estados Unidos registraram 64.000 mortes por overdose, a maioria vinculada ao consumo de drogas à base de ópio. Esta categoria de entorpecentes abrange remédios analgésicos, vendidos com receita, como o oxycontin e o fentanil, assim como a heroína misturada a substâncias sintéticas.

O departamento de Justiça solicitará a pena de morte contra os traficantes de drogas sempre que for possível com base nas leis existentes, declarou a Casa Branca, sem dar detalhes.

A União Americana de Liberdades Civis (ACLU) denunciou imediatamente a proposta, que qualificou de absurda, recordando que a Suprema Corte tem rejeitado regularmente o uso da pena de morte para casos em que não há homicídio.

O plano da Casa Branca também espera reduzir a demanda de opioides através da educação e do combate à prescrição excessiva, e ajudar os que lutam contra o vício.

Segundo a ONG Harm Reduction International, os Estados Unidos integram um grupo de cerca de 30 países onde a legislação prevê a pena de morte para certos crimes ligados ao tráfico de drogas, mas apenas sete - incluindo China, Irã, Arábia Saudita, Cingapura e Indonésia - recorrem com frequência a tal medida.

Não resolveremos a crise dos opioides com prisões e execuções, avaliou o senador democrata por Massachusetts Ed Markey.

As propostas extremas como o uso da pena de morte apenas perpetuam o estigma da infâmia associado ao uso de opioides e são uma distração do debate necessário sobre (...) as iniciativas de saúde pública indispensáveis para se salvar vidas.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212