Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 MT PAR adere ao Plano de Integridade Pública de Mato Grosso - Jornal Brasil em Folhas
MT PAR adere ao Plano de Integridade Pública de Mato Grosso


A MT Parcerias e Projetos (MT PAR) sai na frente na defesa da transparência e credibilidade dos projetos de parcerias públicas e concessões captados para o Estado. Trata-se da primeira empresa pública a aderir oficialmente, em solenidade realizada nesta segunda-feira (19), ao Plano de Integridade de Mato Grosso, gerenciado pelo Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC). Na ocasião, a MT PAR também lançou seu Manual de Conduta.

“A adoção ao programa de integridade vai dar mais transparência, credibilidade aos contratos da MT PAR porque o GTCC tem feito um trabalho de repercussão nacional”, destaca a diretora-presidente da MT PAR, Maria Stella Conselvan.

Na visão do secretário do GTCC, Carlos Correa Ribeiro Neto, a MT PAR está madura o suficiente para aderir ao programa e conta com todos os requisitos necessários. “O programa de integridade do Poder Executivo é feito por adesão e para que este processo ocorra é necessário que a empresa ou órgão esteja num estágio de maturidade e comprometimento. Foi o que encontramos na MT PAR. A Empresa, de livre e espontânea vontade, nos procurou e manifestou vontade de fazer o termo de adesão”.

A impressão dos empresários diante de um “selo de qualidade” é outra, enfatiza o secretário. “Quando você fala numa mesa de negociações que possui um programa de integridade, você mostra ao seu parceiro que você tem um selo de qualidade, de compromisso, que você vai zelar pela coisa pública, que não vai ter desvios de conduta”.

O Manual de Conduta conta com regras e informações sobre o trabalho realizado pela empresa. “Precisamos alinhar o nosso trabalho aos valores e aos critérios de integridade, de transparência que o mercado exige e que o Governo de Mato Grosso também exige por meio do GTCC”, frisa Maria Stella.

Elaborado pela MT PAR, com o apoio do Escritório de Projetos das Nações Unidas e da Secretaria de Estado de Planejamento, o Manual de Conduta foi concluído e divulgado em fevereiro deste ano. Posteriormente foi submetido ao GTCC. “Nós já tínhamos disponibilizado o Manual, o que nós estamos fazendo agora é adequá-lo à orientação do GTCC para aderir ao programa de integridade do Estado de Mato Grosso”, informa a diretora-presidente da MT PAR.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212