Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Municípios têm até 31 de março para enviar dados das ações do Programa Saúde na Escola - Jornal Brasil em Folhas
Municípios têm até 31 de março para enviar dados das ações do Programa Saúde na Escola


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) alerta os municípios que fizeram a pactuação de doze ações do Ciclo 2017 do Programa Saúde na Escola (PSE) que o prazo para a entrega dos dados encerra-se no dia 31 de março. Até esse período serão contabilizadas as ações realizadas de janeiro de 2017 até março de 2018, informou o representante da Saúde no GTIE da SES/MT, Milton Fleury.

A pactuação é bienal sendo que o primeiro ciclo (2017) termina agora em março e o segundo ciclo deverá ser realizado neste ano, condicionado ao cumprimento das metas do primeiro ciclo. “Em cada etapa, os municípios recebem repasse de recursos financeiros por parte do Ministério da Saúde, portanto, o não cumprimento das metas poderá implicar em possível comprometimento do repasse financeiro para o ciclo deste ano”, esclareceu Sirley Lima, técnica da área de Saúde do Escolar da SES/MT.

As ações pactuadas preveem a realização de atividades de combate ao Aedes aegypti; de prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; promoção da cultura da paz, cidadania e direitos humanos; prevenção de violência e de acidentes; a identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação; promoção e avaliação da saúde bucal e aplicação tópica de flúor; atualização de vacinas; a promoção de alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil; a prática de atividade física e de lazer nas escolas; cuidados com a saúde auditiva; orientação a respeito de direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS; e a promoção de saúde ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração.

De acordo com Milton Fleury, as informações do resultado dessas ações nas escolas públicas devem ser inseridas nas fichas de atividade coletiva do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (SISAB e-SUS).

Em caso de dúvida ou para mais informação, os gestores de saúde municipal podem manter contato com Representantes da Saúde no GTIE - Programa Saúde na Escola – PSE da Área Técnica Saúde do Escolar, na Coordenaria de Promoção e Humanização da Saúde (COPHS), Superintendência de Atenção à Saúde (SAS) da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT), pelo telefone (65) 3613 5415.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212