Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Saúde estadual ampliará equipes para Caravana da Transformação - Jornal Brasil em Folhas
Saúde estadual ampliará equipes para Caravana da Transformação


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) começou os preparativos para a maior de todas edições da Caravana da Transformação, que será realizada em Cuiabá, no período de 16 de abril a 10 de maio.

O assessor especial do gabinete coletivo da SES-MT, Wagner Simplício coordenou a primeira reunião de trabalho com as equipes da secretaria. Segundo Simplício, existe uma boa cobertura de atendimento oftalmológico na capital, pelo fato de Cuiabá contemplar a especialidade médica na rede pública de saúde, porém, ainda existe uma demanda regulada pelo Sistema de Regulação da Capital e de Várzea Grande e mais outra, ainda oculta, nos demais municípios da região que precisa ser enxergada e atendida pelo SUS. “Os municípios participantes com o apoio técnico da SES já estão fazendo a busca ativa desses pacientes, por meio de um cadastramento e a inserção desses pacientes na Central Estadual de Regulação do SUS”, explicou Simplício.

A secretária executiva de Saúde, Fátima Ticianel participou da reunião sobre os serviços de saúde na caravana, articulada pelo Gabinete do Governo e a Casa Civil, com as secretarias municipais de saúde dos 13 municípios que serão atendidos na edição.

De acordo com a secretária executiva de Saúde, Fátima Ticianel a inserção dessas pessoas no Sistema de Regulação é importante para a produção da série histórica de procedimentos oftalmológicos do Estado, e principalmente para garantir o direito ao tratamento desses pacientes pelo Sistema Único de Saúde.

A meta inicial do governo do Estado é realizar 14 mil cirurgias oftalmológicas nesta edição da Capital.

Estrutura da Saúde

Segundo estimativa da coordenação da Caravana na SES, para esta edição será necessário o dobro de profissionais de todas as áreas, em razão do período mais longo de duração dos atendimentos, em relação às anteriores edições. No setor de regulação, por exemplo, serão necessários dois médicos reguladores por dia e por período. Para atender essa necessidade, a superintendência de Regulação deverá contar com o apoio da Secretaria de Saúde de Cuiabá. O mesmo deverá ocorrer em relação ao serviço do Samu, que deverá trabalhar com o dobro de equipes e ambulâncias.

A Vigilância em Saúde, que contempla os serviços de atendimento Sanitário, Ambiental, Epidemiológico e de Saúde do Trabalhador terá apoio da Vigilância em Saúde da capital para as ações preparatórias da Caravana e durante a realização dos procedimentos. O serviço será até o término do atendimento pós-operatório dos pacientes, realizado em três etapas: avaliação pós-cirúrgico de 24 horas, de sete (7) dias e de trinta (30) dias.

De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde, Maria de Lourdes Girardi, uma das ações prioritárias é monitorar a qualidade da água da Arena Pantanal, local que vai sediar a Caravana da Transformação. “A equipe da Vigilância em Saúde vai coletar amostras da água, analisa-las em laboratório e manter esse controle de qualidade diariamente, inclusive com a realização de limpeza de caixas d’água, se necessário”, destacou a superintendente.

As ações das diferentes áreas da Vigilância em Saúde têm como objetivo garantir um padrão de qualidade de todos os serviços ofertados à população que será atendida dentro e fora do circuito da Caravana. A atuação dos técnicos de vigilância contemplam os serviços de fornecimento de água, de lanches e de alimentação aos pacientes, além de assegurar qualidade de alojamentos e de transporte dos pacientes.

Segundo a superintendente, é papel da Vigilância monitorar também os serviços de restaurantes, hotéis, bares e lanchonetes em toda a capital, em razão do fluxo de pessoas que estarão circulando na Capital.

Dentro do circuito, as carretas utilizadas para consultórios, centros cirúrgicos e almoxarifado, deverão passar por inspeções de rotina antes do início da Caravana e até o término dos atendimentos.

Wagner Simplício relembrou que a Secretaria de Estado de Saúde é a responsável técnica por todo o processo de execução da saúde pública dentro da Caravana da Transformação, tendo contribuído principalmente para o aprimoramento desde a organização do evento, passando pelos procedimentos de saúde e pelo fluxo dos serviços de atendimento ao paciente que é a prioridade do SUS.

“As nossas contribuições técnicas têm elevado a qualidade do atendimento aos pacientes desde a orientação da melhor adequação de espaço físico para o acolhimento do paciente, a linha de cuidados após esse acolhimento, até o final da prestação do serviço público de saúde. São tarefas executadas com cuidados especializados elevando o nível de segurança para a população atendida. Inclusive, dados preliminares apontam que o sucesso da Caravana da Transformação se deve principalmente ao trabalho de prevenção, de orientação e de correção técnica adequada a cada situação desse grande e importante projeto de governo”, concluiu Wagner Simplício.

Participaram da reunião com o gabinete coletivo da SES as equipes das Superintendências de Administração Sistêmica, de Aquisições, de Regulação, de Controle e Avaliação, Coordenadoria de Obras e Reformas, de Gestão Hospitalar e Ambulatorial, de Vigilância em Saúde, do NGER (Núcleo de Gestão Estratégica para Resultados), da Superintendência de Gestão de Pessoas (SGP), Coordenadoria de Tecnologia da Informação (Continf), Superintendência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Coordenadoria de Processos e Aquisições e do Escritório Regional de Saúde da Baixada Cuiabana.



 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212