Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Escola em Barão de Melgaço será construída com dinheiro recuperado - Jornal Brasil em Folhas
Escola em Barão de Melgaço será construída com dinheiro recuperado


O novo prédio da Escola Estadual Coronel Antônio Paes de Barros, será construído com R$ 5,6 milhões, recuperados pelo Governo do Estado em ações de combate à corrupção. A obra foi lançada no sábado (18-03) em Barão de Melgaço e atenderá mais de 600 crianças que moram na área urbana e também em comunidades ribeirinhas. Atualmente, os alunos estão em dois prédios, sendo que um deles tem mais de 40 anos e carências estruturais, principalmente elétricas.

Luziane Cristina Rosa de Oliveira, 17, é moradora da comunidade Praia dos Bois e todos os dias pega o transporte escolar fluvial para estudar. Ele fica uma hora dentro do barco e diz que não se importa com o trajeto porque gosta da escola e sonha ser advogada.

Na opinião da jovem, o ensino é bom, porém algumas coisas podiam melhorar. Ele lembra que sempre há problema no transformador e na rede elétrica e como consequência, os aparelhos de ar condicionado queimam ou deixam de funcionar a contento. Outra questão é a falta de uma quadra poliesportiva.

A estudante tem outros três irmãos, dos quais dois concluíram seus estudos na mesma escola e um, com 11 anos está no 6º ano e matriculado na unidade. “Eu não vou usufruir muito tempo da nova escola. Mas, estou feliz porque meu irmão e outras crianças terão a oportunidade. Sempre lutamos por isto”.

Conforme o projeto, a nova escola terá 16 salas de aula e uma estrutura com quadra, refeitório e biblioteca. O terreno foi doado pela Prefeitura de Barão de Melgaço e o dinheiro proveniente do ressarcimento aos cofres públicos dos valores obtidos em ações de combate à corrupção.

Para a assessora pedagógica da escola, Enilza Albuquerque de Arruda Silva, a construção da escola é realização de um sonho e há muito tempo a comunidade se reúne em audiências e reunião com este objetivo. Ela argumenta que apenas na atual gestão estadual, conseguiu espaço e teve a reivindicação atendida. Agora, assim que for entregue a obra, no final deste ano, Enilza que dar início ao Programa Escola Plena, que garante atividades para os alunos no contraturno.

O governador Pedro Taques diz que a construção da nova escola foi possível com apoio dos vereadores e da prefeitura, que doaram o terreno. Ele argumentou que a escola incentivará as crianças e é uma das ações que visa melhorar a colocação da cidade no ranking do Índice de Desenvolvimento Econômico (IDH). Atualmente, Barão de Melgaço tem o 4º pior índice de Mato Grosso. “E não é só isto, estamos investindo em vários setores. Fizemos a lama asfáltica da área urbana e ainda encaminhamos uma equipe para manutenção da estrada que liga Santo Antônio de Leverger a Barão de Melgaço. Haverá ainda a implantação da sinalização turística, melhoria na orla e as obras na Estação de Tratamento de Água”.

Taques ressaltou que o dinheiro usado para a construção foi recuperado da corrupção. “Antes, os contratos irregulares antigos eram deixados para trás, agora, com a formação do Cira (Comissão Interinstitucional de Recuperação de Ativos) e apoio do Ministério Público, o acusado precisa ressarcir o governo e o recurso se transforma em obras nos setores de educação, saúde e segurança”.

Recursos recuperados

Além da escola, os valores recuperados foram encaminhados para a construção de uma Companhia do Corpo de Bombeiros no Distrito Industrial, na reforma do Centro de Reabilitação Dom Aquino Correa (Cridac) e agora, na construção da escola Totó Paes, em Barão de Melgaço.

Durante a visita a Barão de Melgaço, o governador participou de uma solenidade na Câmara dos Vereadores, visitou o prédio onde funciona atualmente a escola Totó Paes e ainda inaugurou o hipódromo da cidade.

Durante a cerimônia de lançamento da obra, Taques assinou o licenciamento ambiental para o início das obras da ETA da cidade e ainda elencou as ações feitas na região com o objetivo do desenvolvimento turístico.

Estavam presentes no evento os secretários Controlador-Geral do Estado, Ciro Rodolpho Gonçalves; de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone; de Educação, Marco Marrafon e das Cidades, Wilson Santos.



 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212