Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ministério repassa R$ 6,4 milhões a cinco cidades afetadas por chuvas - Jornal Brasil em Folhas
Ministério repassa R$ 6,4 milhões a cinco cidades afetadas por chuvas


O Ministério da Integração Nacional vai repassar R$ 6,4 milhões a cinco cidades atingidas por chuvas fortes nas regiões Sudeste, Sul e Norte. A maior parte do montante vai para o município de Petrópolis, no Rio de Janeiro. A cidade teve vários alagamentos e deslizamentos nos últimos dias e vai receber R$ 4,5 milhões para reverter os danos.

De acordo com o ministério, a prefeitura de Petrópolis vai usar o recurso na limpeza de córregos e das galerias e redes de drenagem do município, na recuperação de vias públicas e na proteção de encostas.

No Pará, o município de Marapanim vai receber um aporte de R$ 455,8 mil para reparar uma ponte em Maranhãozinho e a prefeitura de Tucuruí vai receber R$ 1,15 milhão para recuperar duas pontes de concreto na rua Getúlio Vargas. Segundo o ministério, os serviços já foram licitados e podem ter início imediatamente.

No Rio Grande do Sul, a prefeitura de Arroio do Sal vai receber R$ 240 mil para reconstruir uma ponte de concreto que foi atingida por fortes enxurradas.

Em Santa Catarina, o município de Gaspar vai receber R$ 94,7 mil para reparar estragos causados pelas chuvas de janeiro. O dinheiro será usado para reestabelecer vias públicas obstruídas por deslizamentos, além da limpeza da rede de drenagem do município.

Situação de emergência

Além dos repasses, o governo federal reconheceu situação de emergência em 12 cidades brasileiras por chuvas intensas, estiagem, seca, enxurradas e granizo. Esse reconhecimento federal tem vigência de 180 dias e permite aos estados e prefeituras pedirem recursos da União para ações de resposta e reconstrução de áreas públicas danificadas.

Devido a chuvas, foi reconhecida a situação de Areal e Cachoeiras de Macacu, no Rio de Janeiro, Deodápolis, Aquidauana e Nioaque, no Mato Grosso do Sul, e Nossa Senhora do Livramento, no Mato Grosso.

Em decorrência de estiagem, tiveram a situação reconhecida os municípios de Vila Nova do Piauí (PI), Ibiquera (BA) e Padre Carvalho (MG). Em Minas Gerais, o município de Jaíba foi reconhecido por ter sido atingido por seca.

O município de Barreiros, em Pernambuco, teve a situação reconhecida devido a enxurradas e, em Santa Catarina, Nova Veneza foi reconhecida em função dos granizos que afetaram o município.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Bolsonaro elogia Mandetta e Wagner Rosário, ministros anunciados hoje
Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212