Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Entidades assinam acordo para recuperação da bacia do Rio Descoberto - Jornal Brasil em Folhas
Entidades assinam acordo para recuperação da bacia do Rio Descoberto


Um grupo de 20 entidades assinou hoje (23) um acordo de cooperação técnica para preservar a Bacia Hidrográfica do Alto Descoberto. Denominado Aliança pelo Descoberto, o acordo foi firmado na Vila Cidadão, do 8º Fórum Mundial da Água, que encerrou hoje (23) em Brasília.

O acordo faz parte do Programa Produtor de Água, coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA), que estabelece parcerias entre instituições públicas, privadas e do terceiro setor para a recuperação de bacias hidrográficas selecionadas estrategicamente.

Além da ANA, a Aliança pelo Descoberto terá a participação da Fundação Banco do Brasil, Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), secretarias do Distrito Federal e de Goiás, Universidade de Brasília, WWF-Brasil, entre outras entidades.

A presidente da Associação Pró-Descoberto, Rosany Carneiro, que também assinou o acordo, destacou que a parceria é importante para manter a vocação rural da região, evitando o comprometimento do abastecimento.

“Se a gente não continuar com a vocação rural, se cada propriedade der lugar a 100, 200 lotes, vamos ter um adensamento populacional muito grande, e com isso você vai comprometer as nascentes. Possibilitar que as pessoas sobrevivam daquela bacia de forma sustentável é muito importante não só para a gente, mas para todo o povo do Distrito Federal”, explicou.

A recomposição dos mananciais da Bacia do Descoberto, responsável por 60% do abastecimento público do Distrito Federal, é considerada prioritária especialmente pelo cenário de crise hídrica na região, que há mais de um ano passa por racionamento e rodízio no abastecimento de água.

No Distrito Federal, o Programa Produtor de Água já implementa desde 2012 ações de recuperação da bacia do Pipiripau, como práticas de manejo do solo, da água e da produção agrícola; recomposição de matas de galeria nas margens dos rios, além do pagamento de serviços ambientais por produtores rurais para adequarem ambientalmente suas propriedades.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212