Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Câmara faz sessão solene para celebrar Dia Internacional do Direito à Verdade - Jornal Brasil em Folhas
Câmara faz sessão solene para celebrar Dia Internacional do Direito à Verdade


Nesta quinta-feira (22), uma sessão solene na Câmara comemora o Dia Internacional do Direito à Verdade, sobre graves violações aos direitos humanos e da dignidade das vítimas. A data comemorativa oficial é 24 de março, sábado, e foi instituída pela ONU em 2010 para relembrar o dia em que foi executado com um tiro no peito o bispo Dom Oscar Romero, em El Salvador.

Dom Oscar Romero foi morto por se opor aos métodos da ditadura e às constantes violações dos direitos humanos naquele país da América Central.

No Brasil, a data será comemorada pela primeira vez este ano, depois da sanção, em janeiro, da lei que inclui a homenagem no calendário oficial (Lei 13.605/2018).

A comemoração foi instituída depois da aprovação de projeto de lei (PL 4903/12) apresentado pela deputada Luiza Erundina (Psol-SP). Ela anunciou que neste ano a homenagem será estendida à vereadora carioca Marielle Franco, do Psol, assassinada no Rio de Janeiro na semana passada junto com o motorista Anderson Gomes.

Para Luiza Erundina, a sessão solene na Câmara e um ato previsto para sábado na PUC de São Paulo servirão de alerta para a ameaça aos direitos humanos no Brasil.

“Vamos procurar dar força e sentido a esses eventos no sentido de retomar, com muito mais energia, organização e força, a resistência ao retrocesso e à ameaça concreta aos direitos humanos e também os riscos graves à democracia e ao estado democrático de Direito no nosso país, afirmou Erundina.

Intervenção no Rio
Atuante na defesa de direitos humanos e integrante também do movimento LGBT e negro, Marielle Franco chegou a denunciar, antes de morrer, abusos cometidos por policiais contra jovens da periferia já na vigência da intervenção federal no Rio de Janeiro.

O bispo católico Dom Oscar Romero foi assassinado em 1980 quando celebrava uma missa na capela do Hospital da Divina Providência, em San Salvador, capital de El Salvador. A execução é atribuída a militares do Esquadrão da Morte de El Salvador, a mando da ditatura que governava o país.

Trinta e oito anos depois, Dom Oscar Romero será reconhecido como santo da Igreja Católica em cerimônia de beatificação prevista para este ano pelo Vaticano.

Informações
A sessão solene na Câmara dos Deputados ocorre nesta manhã no Plenário Ulysses Guimarães. Já a celebração do Dia Internacional da Verdade será no dia 24 de março, na PUC de São Paulo, às 13h30.

Reportagem - Antonio Vital
Edição – Roberto Seabra



 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212