Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Cambridge Analytica, os personagens do escândalo - Jornal Brasil em Folhas
Cambridge Analytica, os personagens do escândalo


Um pesquisador russo, um CEO de métodos questionáveis, um antecipador de tendências: seguem abaixo os personagens ligados à Cambridge Analytica (CA), empresa de análise de dados vinculada ao Partido Republicano e acusada de ter coletado e usado dados de 50 milhões de usuários do Facebook:

- O cérebro

Aleksandr Kogan: por intermédio de sua empresa Global Science Research (GSR), esse jovem pesquisador russo de Psicologia e de Psicometria desenvolveu o aplicativo thisisyourdigitallife. Com um quizz disponível no app, ele coletou dados pessoais no Facebook que foram transmitidos para a CA. Até agora, Kogan afirma que a CA lhe garantiu que tudo foi feito dentro da legalidade e de acordo com os termos de utilização do Facebook. Ainda assim, reconhece que deveria colocado mais questões sobre o assunto.

Emigrado para os Estados Unidos aos 7 anos, estudou na Universidade californiana de Berkeley e obteve seu doutorado em Hong Kong em 2011, antes de entrar para a Universidade de Cambridge. Também é pesquisador associado na Universidade de São Petersburgo.

- O CEO

Alexander Nix: Ele acaba de ser suspenso do posto de CEO da Cambridge Analytica, após as revelações devastadoras da rede de televisão britânica Channel 4. Imagens mostram Nix se gabando de seus métodos para desacreditar um adversário político, entre eles corrupção e prostitutas ucranianas. Também se vangloria do papel de sua empresa na eleição do presidente americano, Donald Trump.

Nix passou pela prestigiosa escola de Eton, um celeiro de elites no Reino Unido, e pela Universidade de Manchester. Foi analista financeiro antes de se unir à sociedade britânica de marketing Strategic Communication Laboratories (SCL), da qual a CA é uma filial. Desenvolveu atividades no exterior e ligadas às eleições.

- O lançador de alertas

Christopher Wylie: esse canadense de 28 anos de cabelo cor-de-rosa era um antecipador de tendências. Contou ao jornal The Observer como teve a ideia de ligar o estudo de personalidade ao do voto político. Ele então se encontrou com Alexander Nix, que lhe ofereceu um emprego na CA, dando-lhe carta branca. Wylie disse ter-se reunido com Steve Bannon, ex-conselheiro estratégico do presidente Donald Trump, e com Rebekah Mercer, filha de um milionário que apoiou Trump.

Em entrevista à rede canadense CBC, ele considerou, porém, que os métodos da CA eram problemáticos, porque eram baseados sobre dados privados obtidos sem consentimento.

- O financiador

Robert Mercer: esse empresário americano de 71 anos fez fortuna nos fundos de investimento e é um dos principais doadores do Partido Republicano. Financiou a Cambridge Analytica em cerca de US$ 15 milhões, e sua filha, Rebekah, seria membro de seu conselho administrativo, segundo The Daily Beast. Esse milionário recluso fez fortuna, graças a algoritmos complicados. Programador na IBM, ele se uniu ao administrador de fundos especulativos Renaissance Technologies. Foi um dos poucos a ficar ao lado de Trump desde o início.

- O ideólogo

Steve Bannon: era um conselheiro próximo de Donald Trump até ser demitido da Casa Branca em 2017. Segundo o dominical The Observer, estava no comando da CA. Dirigiu o site de notícias da extrema direita Breitbart News até se tornar diretor de campanha de Trump e, então, conselheiro estratégico na Casa Branca até agosto de 2017. Foi repudiado pelo presidente em janeiro, depois da publicação do livro de Michael Wolff, Fogo e fúria - por dentro da Casa Branca de Trump, que continua declarações explosivas do ex-assessor.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212