Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cometemos erros, admite Zuckerberg após escândalo do Facebook - Jornal Brasil em Folhas
Cometemos erros, admite Zuckerberg após escândalo do Facebook


O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, rompeu o silêncio nesta quarta-feira (21) sobre o escândalo do uso de dados pessoais de usuários de sua rede social, assegurando que a empresa cometeu erros e deve fazer mais para resolver o problema.

Temos a responsabilidade de proteger seus dados, se não pudermos, não merecemos servi-los, escreveu em seu mural Mark Zuckerberg, em sua primeira reação pública desde que o escândalo veio à tona.

Tenho trabalhado para entender exatamente o que houve e como assegurar que não aconteça de novo, destacou. As medidas mais importantes para evitar que isto aconteça novamente já foram tomadas anos atrás, mas nós também cometemos erros, há mais [trabalho] a fazer.

O Facebook, um dos gigantes da indústria digital, enfrenta investigações dos dois lados do Atlântico devido a seu modelo de negócios, que permitiu à empresa de análise de dados Cambridge Analytica reunir informação sobre milhões de usuários.

O executivo destacou alterações feitas na plataforma em 2014 contra aplicativos abusivos e que estas ações evitariam que qualquer outro app - como o da Cambridge - tivesse hoje acesso a tanta informação quanto no passado.

Investigaremos todos os aplicativos que tiveram acesso a grandes quantidades de informação antes de alterarmos dramaticamente nossa plataforma para reduzir o acesso em 2014 e faremos uma auditoria em qualquer app que tenha alguma atividade suspeita, destacou o executivo.

A Cambridge Analytica obteve informações do aplicativo do pesquisador universitário Aleksandr Kogan, que compilou informações de milhares de usuários do Facebook que o baixaram, mas também de seus amigos.

Zuckerberg destacou que embora este tipo de transferência não seja mais permitido, quer tomar medidas adicionais para assegurar a plataforma.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212