Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Temer diz que seria covardia não disputar eleição presidencial - Jornal Brasil em Folhas
Temer diz que seria covardia não disputar eleição presidencial


O presidente Michel Temer avalia que seria uma covardia não disputar a eleição para a presidência do Brasil em outubro próximo, diante da necessidade de se mostrar o que está sendo feito pelo governo.

Em entrevista à revista IstoÉ publicada nesta sexta-feira, Temer afirmou que tem orgulho da sua administração e estimou que seria uma covardia não ser candidato, porque se eu tivesse feito um governo destrutivo para o país eu mesmo refletiria que não dá para continuar.

Segundo Temer (MDB), que assumiu após o impeachment de Dilma Roussef, seu governo recuperou um país que estava quebrado, literalmente quebrado, e me orgulho do que fiz.

O presidente revelou que a ideia de se candidatar surgiu há um mês e meio, pelo medo de não haver candidatos que defendam seu governo.

Esperávamos no início que alguém fosse o candidato do governo com essa missão de defender o governo. Mas se ninguém vai defender o governo, dar continuidade ao que fizemos no governo, eu mesmo faço, declarou.

O presidente, que tem apenas 6% de aprovação (segundo pesquisa Datafolha), avalia que sua popularidade vai aumentar quando a população relacionar as realizações do governo à sua pessoa.

É preciso divulgar mais o que tem sido feito. A população reconhece o que está sendo feito, mas ainda não há uma conexão com a minha figura. Preciso conectar o que foi feito, o que foi aplaudido, o que foi elogiado, à minha figura. Em todas as áreas, o que foi feito depende da minha atuação.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212