Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Sem concorrência e batendo recordes, ação queridinha da Carteira InfoMoney tem preço-alvo elevado em 15% - Jornal Brasil em Folhas
Sem concorrência e batendo recordes, ação queridinha da Carteira InfoMoney tem preço-alvo elevado em 15%


SÃO PAULO - Na Carteira InfoMoney desde sua primeira edição, em janeiro de 2016, a ação da B3 (BVMF3) é apenas um dos casos de acerto do portfólio. Com entrada em R$ 13, o papel acumula alta de 95,3% até o pregão de quinta-feira (22) e deve subir ainda mais, na opinião do Bradesco BBI.

O analista Rafael Frade enviou um relatório aos clientes reiterando a recomendação de compra para o papel e elevando o preço-alvo de R$ 26 para R$ 30. Levando em consideração o valor de fechamento do último pregão, é esperada uma valorização de 15,5% para o papel.

A razão para o otimismo? A concentração do negócio é um dos principais pilares, dada a falta de concorrência do setor, que ganhou força com a fusão com a Cetip, um ano atrás. A recuperação econômica, que inclui a queda dos juros devido à menor inflação, também ajuda. Com os juros menores e mais otimismo com o cenário, os investidores têm apostado cada vez mais em renda variável e o resultado disso é a subida vertiginosa dos negócios, conforme aponta o analista.

A atualização das estimativas do Bradesco BBI ocorre após o desempenho mais forte que o esperado para os volumes de ações e de derivativos, que acumulam alta de 30% em 2018. Volumes de ações e derivativos têm prosperado em 2018, fazendo com que nossas estimativas anteriores pareçam conservadoras, escreve Frade em relatório.

Os volumes acionários atingiram um recorde histórico em fevereiro, com R$ 13,1 bilhões - valor 40% acima do resultado observado um ano antes e 28,4% acima das estimativas do Bradesco BBI (R$ 10,2 bilhões)

Do outro lado, o Bradesco BBI projeta uma pequena redução de receita em relação aos financiamentos de automóveis após uma resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) publicada em outubro de 2017. Falamos com vários participantes do mercado e estamos confiantes de que a B3 deve continuar desempenhando um papel central. Na verdade, esperamos que a B3 preserve a maior parte das receitas com esses registro, perdendo uma pequena parte das receitas associadas aos registros de contratos, avalia o analista.

O Bradesco BBI assume, em suas projeções, a queda de 20% nas taxas atuais de registros de contratos no quarto trimestre de 2018 e também se mantém otimista sobre eventual perda de espaço para concorrentes.

Apesar do ruído recente, estamos um pouco céticos sobre uma ameaça competitiva real para a B3 no negócio comercial para Enquanto. Precisamos ver um concorrente postando mais tangível realizações antes de chegar em causa.

B3 na Carteira InfoMoney Os assinantes do relatório Carteira InfoMoney Premium (clique aqui para assinar) e os alunos do curso “Como Montar uma Carteira de Ações Vencedora” (clique aqui para virar aluno) possuem acesso às recomendações em tempo real da Carteira, que já passou por três atualizações em março.

Apesar das mudanças, as ações da B3 seguem com a maior participação no portfólio, de 12,4%. Apenas neste ano, o papel acumula alta de 12,51%. Em fevereiro, a Carteira InfoMoney rendeu 5 vezes os ganhos do Ibovespa, com 2,65%, contra 0,52%. Desde o início do portfólio, em janeiro de 2016, o avanço é de 105,71%% ante 95,97%% do principal índice da B3. Em 2018, a carteira tem alta de 11,95% contra 11,72% do principal índice da B3.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212