Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Poupança terá ganhos ainda menores a partir de agora - Jornal Brasil em Folhas
Poupança terá ganhos ainda menores a partir de agora


SÃO PAULO – A poupança costuma apresentar um dos piores retornos em renda fixa e esses ganhos ficaram ainda menores desde quarta-feira (21), após o Banco Central realizar o 12º corte seguido na Selic. Com a redução de 0,25 ponto percentual, a taxa básica de juros está agora em 6,50%, renovando seu novo menor patamar histórico. Vale lembrar que desde que a Selic caiu para menos de 8,5%, em setembro de 2017, a rentabilidade dos depósitos em poupança caiu para 70% da Selic mais a TR (Taxa Referencial).

Essa regra foi instituída em maio de 2012 e, desde então, todos os depósitos feitos a partir desta data têm rendimento diferenciado: quando a Selic está acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês e, abaixo desse patamar, os ganhos caem para 70% da Selic +TR. Com o corte desta semana na Selic, a rentabilidade da poupança cairá ainda mais, para 4,55% ao ano +TR. Essa taxa adicional praticamente não faz diferença no rendimento. Para se ter ideia, a TR acumulou alta de apenas 0,6% em 2017. Em janeiro e fevereiro deste ano ela ficou em zero.

A regra de rendimento da poupança foi alterada em 2012 com o objetivo de evitar que ela ficasse mais atrativa que outras opções de investimentos em renda fixa, cujos ganhos recuam junto com a taxa básica de juros. No entanto, a estratégia não funciona para quem tem o mínimo de conhecimento em aplicações.

A atratividade da poupança perde da maior parte dos CDBs e do Tesouro Selic. Para obter exatamente os mesmos ganhos da caderneta, um CDB precisa render 85% do CDI - taxa muito baixa de retorno.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212