Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Hospital Regional de Rondonópolis recebe alunos de Medicina que vão começar o internato - Jornal Brasil em Folhas
Hospital Regional de Rondonópolis recebe alunos de Medicina que vão começar o internato


O Hospital Regional Irmã Elza Giovanella abriu as portas para os estudantes do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). São 28 alunos que começaram esta semana o internato no hospital em Rondonópolis. O internato é uma das fases mais importantes para os estudantes de Medicina, pois é o momento em que os futuros profissionais começam a colocar em prática o que aprenderam nos últimos quatro anos em sala de aula.

A coordenadora do curso, Claudineia de Arruda, destaca que o Hospital Regional Irmã Elza Giovanella é referência no tratamento de traumas, e por isso os alunos devem aprender muito. “É um momento muito importante na vida de estudo deles. Depois de dois anos de internato eles vão fazer provas para a residência médica, momento decisivo em suas carreiras profissionais”.

A estudante de medicina Mayara Priori de Souza é de Rondonópolis e acredita que este é um momento muito importante para a carreira, já que pretende se tornar pediatra. “Durante estes dois anos pretendo aprender o máximo possível, acredito que é na prática que realmente vamos ter mais conhecimento e certeza do que queremos nos especializar”.

Paulo Piza também vai começar o internato no hospital e acredita que irá aprender lições valiosas. “Estamos falando de um centro de referência em trauma; nas outras unidades vamos ganhar sim experiência, mas é aqui que teremos um conhecimento maior de um todo. A equipe é acolhedora e muito profissional”, disse.

Hoje o Hospital Regional Irmã Elza Giovanella atende as especialidades de ortopedia, neurologia, nefrologia, clínica médica, cirurgia geral, urologia, radiologia, infectologia, otorrinolaringologia, buco-maxilo, cirurgias plásticas, cirurgia vascular e pediatria. Para o diretor geral, Luiz Antunes Hachem, o Hospital só tem a ganhar com o internato. “Essa parceria entre o hospital e a UFMT vem para beneficiar a assistência aos usuários, e também para que os estudantes adquiram experiência, todos só temos a ganhar”.

Os 28 alunos trabalharão em sistema de rodízio. “Eles vêm para contribuir ainda mais com o corpo clínico do hospital. A estrutura que temos hoje aqui é ótima para quem está começando, vamos formar bons profissionais aqui”, completou o coordenador de clínica cirúrgica no internato, Eduardo Narvaes.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212