Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 PM atualiza informações e número de mortos em confronto na Rocinha sobe para 8 - Jornal Brasil em Folhas
PM atualiza informações e número de mortos em confronto na Rocinha sobe para 8


A Polícia Militar do Rio de Janeiro atualizou na noite deste sábado (24) o número de mortos durante operação policial pela manhã na favela da Rocinha. Em comunicado, a corporação corrigiu para seis o número de vítimas em confronto e informou que, durante a tarde, os corpos de mais duas pessoas foram entregues à Delegacia de Homicídios, que investiga as mortes.

Os moradores, no entanto, afirmam que o número de vítimas no tiroteio de hoje pode ser maior. Já a Secretaria Municipal de Saúde confirma que sete pessoas chegaram ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, o mais próximo à favela.

No entanto, a PM só levou seis baleados. A secretaria não dá detalhes sobre as circunstâncias da chegada das pessoas mortas à unidade de saúde, mas não confirma a chegada de mais nenhuma vítima.

Mais cedo, por meio de nota, a Polícia Militar havia informado que o Batalhão de Choque foi surpreendido por pessoas armadas e teve de reagir. Nas redes sociais, nas páginas como Favela da Rocinha e Rocinha Alerta, moradores afirmaram que as vítimas se renderam, mas, ainda assim, foram executadas pelos policiais. Acrescentaram que dois criminosos atingidos por balas conseguiram fugir a pé pela mata, escapando do cerco. A PM não comentou as denúncias.

A Rocinha, uma comunidade com cerca de 70 mil pessoas e uma das maiores favelas do país, teve a rede elétrica atingida e ficou sem luz. A Light, concessionária de energia, informou que, diante da insegurança, não pode enviar técnicos para reestabelecer o fornecimento.

Também nas redes sociais, moradores reclamaram por terem equipamentos afetados no sábado, dia de descanso de boa parte das famílias. Outros contaram que, por conta dos tiroteios, não conseguiram sair para trabalhar.

O suposto confronto com a PM ocorreu na Rua 2 e na localidade conhecida como Roupa Suja. No local, foram encontrados pelos policiais um fuzil, sete pistolas e duas granadas.

A PM mantém patrulhamento reforçado na comunidade desde setembro de 2017, quando bandidos de facção criminosa rival à instalada na Rocinha tentaram retomar o controle da venda de drogas. Para auxiliar as polícias, cerca de 1 mil agentes das Forças Armadas fizeram um cerco no local. Nenhum dos traficantes líderes do confronto foi preso, à época.

Na quarta-feira (21) à noite um policial militar e um morador haviam morrido durante outro confronto entre policiais e bandidos da comunidade.

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212