Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 ONU quer maior cooperação entre Brasil e Angola na merenda escolar - Jornal Brasil em Folhas
ONU quer maior cooperação entre Brasil e Angola na merenda escolar


O Programa Mundial de Alimentação (PMA) das Nações Unidas, anunciou hoje (26) que pretende promover uma maior colaboração entre o Brasil e Angola na área da segurança alimentar e merenda escolar. A informação foi dada à ONU News, em Nova Iorque, pela diretora do PMA para África Austral e Oceano Índico, Lola Castro, que anunciou uma viagem ao Brasil, onde deve discutir uma iniciativa que envolve agricultura familiar e alimentação nas escolas.

“Angola também quer trabalhar na merenda escolar. Estamos a trabalhar para ir ao Brasil para ver aquele projeto da Fome Zero e também a merenda escolar brasileira, que está ligada aos pequenos camponeses que produzem e vendem para as escolas. Com isso, as crianças vão ter uma alimentação diversificada. A ação também apoia o camponês e aumenta a renda e a segurança alimentar na família,” disse Lola Castro.

Segundo o Ministério da Educação de Angola, o país aprovou a iniciativa para promover programas da alimentação nas escolas em 2013. Os programas são ligados à produção local. Com o projeto pretende-se também garantir uma educação de qualidade, combater a taxa de reprovação nas escolas, aumentar a retenção e ajudar as crianças em idade escolar a cumprir as metas com uma melhor nutrição.

Lola Castro disse que a experiência do PMA envolvendo o Brasil também deu bons resultados na região africana.

Boa experiência

“Estamos a falar de Angola, mas vou falar também de uma boa experiência em Moçambique. Temos estado a trabalhar com o governo moçambicano e outros doadores para verdadeiramente aumentarmos a merenda escolar.”

De acordo com o PMA, um estudo de sustentabilidade da alimentação escolar na União Africana contou com o apoio do Brasil. Em todo o continente, pelo menos 40 países implementam a iniciativa.

Mais de 26 milhões de crianças africanas se beneficiam de merenda escolar, e destes 10 milhões recebem alimentos diariamente.

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Polícia Federal faz operação contra fraude no seguro-desemprego
Soldado que estava internado há dois dias é 79º policial morto no Rio
MEC libera R$ 8,9 milhões para obras emergenciais no Museu Nacional
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Tite convoca seleção para jogos amistosos na Arábia Saudita
UFRJ assina contrato para obras emergenciais no Museu Nacional
Especialistas alertam para alta incidência de raios durante primavera
Eu acredito na educação, diz professor agredido por alunos no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212