Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Alerj autoriza Rio a pedir empréstimo de R$200 milhões para planos de demissão - Jornal Brasil em Folhas
Alerj autoriza Rio a pedir empréstimo de R$200 milhões para planos de demissão


A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou hoje (27) o projeto de lei que autoriza o governo do estado a realizar um empréstimo de R$200 milhões para pagar rescisões contratuais em programas de demissão voluntária (PDVs).

Os recursos poderão ser obtidos em instituições financeiras nacionais ou internacionais, conforme os critérios estabelecidos pelo Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e do Distrito Federal (RRF). A adesão do Rio ao regime ocorreu por meio de lei sancionada em junho do ano passado.

O PDV é um instrumento usado para enxugar o quadro de funcionários. Por meio do programa, são oferecidas vantagens para os que aceitam se demitir. O projeto de lei foi proposto pelo governo do Rio.

Folha de pagamento

Na justificativa assinada pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), ele afirma que o foco é reduzir drasticamente a folha de pagamento de empresas e fundações públicas. O texto também registra que algumas estatais devem ser extintas, mas não menciona quais.

O projeto já havia sido aprovado em primeiro turno na semana passada, sendo agora confirmado em segundo turno. Algumas emendas foram incorporadas. Uma determina que o empréstimo só poderá ocorrer após a quitação dos salários atrasados dos funcionários do estado, incluindo o 13º referente à 2017, que ainda se encontra pendente para parcela os servidores.

Outra emenda exclui a possibilidade dos recursos serem usados em PDVs para as universidades estaduais, a Fundação Leão XIII, a Fundação para a Infância e Adolescência (FIA/RJ), a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj) e a Fundação Centro de Ciências e de Educação Superior a Distância do Estado (Cecierj). O texto final segue agora para sanção do governador Luiz Fernando Pezão.

Mais empréstimos

Outro projeto de lei que autoriza o estado a contrair empréstimo de R$3,05 bilhões estava previsto para ser apreciado, mas deputados de oposição esvaziaram a sessão e, sem quórum, a votação foi adiada. Os recursos seriam destinados ao pagamento de dívidas com fornecedores. Os valores seriam quitados em leilões reversos, onde os credores que oferecerem maior desconto tem prioridade para receber o montante devido. Os parlamentares precisam avaliar 44 emendas.

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212