Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Lançamento de telescópio espacial James Webb é adiado para 2020 - Jornal Brasil em Folhas
Lançamento de telescópio espacial James Webb é adiado para 2020


O lançamento do telescópio espacial James Webb, da Nasa, o mais poderoso da história, foi adiado novamente, para maio de 2020, informou a agência espacial americana nesta terça-feira (27).

O equipamento, aguardado com ansiedade pela comunidade científica, está atualmente passando pelas etapas finais de integração e testes que exigirão mais tempo para garantir uma missão bem-sucedida, explicou a Nasa em um comunicado.

O lançamento já havia sido adiado para 2019.

Uma vez determinada uma nova data para o lançamento, a NASA fornecerá uma estimativa dos custos, que poderão exceder os 8 bilhões de dólares originalmente previstos, indicou a agência, sem fornecer detalhes sobre o possível custo final do projeto.

O administrador interino da Nasa, Robert Lightfoot, classificou o telescópio como o projeto de maior prioridade para a Direção de Missão Científica da agência e o maior projeto internacional de ciência espacial na história dos Estados Unidos.

A perspectiva de elevar ainda mais seu alto orçamento poderá gerar mais dores de cabeça.

O projeto, um esforço conjunto com as agências espaciais europeias e canadenses, já chamou a atenção dos legisladores por seus custos crescentes, dado que seu orçamento original era de 3,5 bilhões de dólares.

Uma junta de revisão independente avaliará a missão e informará no final do ano sobre o que deve ser feito, e provavelmente quanto custará. A Nasa deve fornecer uma atualização ao Congresso.

O telescópio espacial James Webb - em homenagem ao segundo administrador da Nasa, que esteve no comando da agência entre 1961 e 1968 - será o mais poderoso telescópio já construído.

Cem vezes mais sensível do que seu antecessor - o revolucionário Hubble, lançado em 1990, será capaz de estudar a atmosfera dos exoplanetas, planetas localizados além do nosso sistema solar.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212