Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Sobe para 16 o número de mortes por causa das chuvas em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Sobe para 16 o número de mortes por causa das chuvas em São Paulo


O Corpo de Bombeiros de São Paulo confirmou, no início desta tarde, a décima sexta morte causada pelas chuvas que atingem a Grande São Paulo desde a noite de quinta-feira (10). Segundo a corporação, foram registradas quatro mortes no município de Mariporã; 10 em Francisco Morato, causadas por um soterramento; e duas por afogamento: uma em Guarulhos e outra em Cajamar.

Um dos municípios mais afetados é o de Itapevi (SP), na região oeste da capital paulista. De acordo com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Itapevi, cerca de 5 mil residências foram afetadas pelas inundações. A Defesa Civil ressaltou, no entanto, que não foram registrados casos de pessoas mortas, feridas, desabrigadas ou desaparecidas.

Na capital paulista, a chuva não causou tantos danos quanto nas cidades do entorno, embora os dois principais rios do município (Tietê e o Pinheiros) tenham transbordado, o que não ocorria desde 2005. Os extravasamentos ocorreram na altura das pontes Presidente Dutra, Limão, Barragem Móvel e Cidade Universitária.

Um canal do Rio Pinheiros transbordou na altura do Cebolão e da Ponte dos Remédios, o que provocou alagamento na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), o maior posto de abastecimento da América Latina, na zona oeste da capital. Segundo a Ceagesp, a perda de alimentos ficou em torno de 200 toneladas, principalmente de melancias. A assessoria do entreposto informou que não há riisco de falta de alimentos no varejo. A companhia informou ainda que o terminal opera normalmente desde a manhã. Dos mais de 40 pavilhões existentes no local, apenas o setor que comercializa melancias, abacaxi e coco verde foram interditados para limpeza e liberados no começo da tarde.

Na zona leste da cidade, a área mais atingida foi o Jardim Helena, onde 80 famílias foram afetadas e estão sendo assistidas pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e pela Defesa Civil.

A cidade de São Paulo já recebeu, desde o dia 1º de março, 89% da média pluviométrica prevista para o mês todo, que é de 175,8 milímetros (mm) de água. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências, o acumulado de março está em 156 mm.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212