Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estado paga R$ 315 mi em bônus a 188 mil servidores da Educação - Jornal Brasil em Folhas
Estado paga R$ 315 mi em bônus a 188 mil servidores da Educação


O governo de São Paulo paga nesta quinta-feira (29) o Bônus por Merecimento a 188,5 mil servidores da Secretaria da Educação do Estado. Neste ano, serão destinados R$ 315,3 milhões, ante 290,3 milhões pagos em 2017. A maior parte dos bonificados (151,2 mil) é do magistério. Os professores receberão, portanto R$ 276,6 milhões.

“De cada dez servidores que vão receber o bônus, oito são os nossos professores. O desafio de preparar bem os nossos jovens para o futuro está nas mãos desses profissionais”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. O benefício é calculado a partir das notas do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo).

Além de professores do Ensino Fundamental e Médio, diretores, agentes de organização e equipes técnicas das escolas e órgãos centrais também têm direito ao bônus. Para chegar ao valor individual, a Secretaria considera se a unidade avançou, atingiu ou superou a meta estipulada para o período. Os servidores precisam ainda ter trabalhado, no mínimo, em dois terços do ano letivo.

Para quem atingiu 120% da meta, o valor do pagamento é próximo a um salário. Já aqueles que alcançaram 100%, o valor aproximado é de 84%. Se não atingida a meta, é calculado o avanço da escola proporcional. Neste ano, o valor médio do bônus será de R$ 1.672,87 – e os maiores pagamentos ficam entre R$ 13 mil e R$ 17 mil.

Ensino Médio avança no Idesp pelo 5º ano consecutivo

Pelo quinto ano consecutivo o Ensino Médio da rede estadual avançou no Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo). O ciclo alcançou, na última medição, 2,36, contra os 2,30 registrados em 2016. A pontuação é a mais alta desde 2008, quando a Secretaria adotou o indicador de qualidade da educação paulista.

O desempenho do ciclo 2 do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) retomou o crescimento e superou a marca anterior. Em 2017, o ciclo atingiu 3,21 (uma diferença de 0,28 ponto em relação aos 2,93 de 2016). O ciclo 1 (1º ao 5º ano), por sua vez, teve queda: as notas foram de 5,40 para 5,33. Ainda assim, é o segundo melhor resultado da história.

 

Últimas Notícias

Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212