Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Israel fecha canal de televisão da Palestina - Jornal Brasil em Folhas
Israel fecha canal de televisão da Palestina


Os organismos israelenses de segurança fecharam o canal de televisão palestino ‘Falestin Al Yom’, que transmite da Cisjordânia através de várias plataformas, e detiveram um dos seus diretores por suspeitas de incentivar a violência. ‘Falastin Al Yom’ (Palestina hoje) age em nome da jihad islâmica, afirmou a polícia em comunicado, citando as forças dos serviços secretos, o exército e autoridades policiais, que invadiram os escritórios do canal, em Ramallah, ontem (10) à noite.

De acordo com o relatório da polícia, o canal serve à jihad islâmica como uma ferramenta para o incitamento (à violência) entre a população da judeia e Samaria (Cisjordânia), exortando a realização de ataques contra o estado de Israel e seus cidadãos. A mesma fonte adiantou que o ‘Falestin Al Yom’ divulgou informações através da televisão, internet e redes sociais.

Um de seus diretores, Omar Faruk Kasam Alat, de 34 anos, e um residente de Bir Zet, foram presos durante a operação israelense.
Muhamad Amro, um dos executivos do canal, confirmou hoje (11) o ataque e disse à agência de notícias EFE que os agentes confiscaram todos os equipamentos eletrônicos e fecharam o canal por tempo indeterminado.

Em comunicado, o secretário-geral da OLP [Organização para a Libertação da Palestina], Saeb Erekat, condenou o ataque e instou a comunidade internacional a agir contra Israel para parar a violência contra os palestinos e as suas instituições.

Também o sindicato dos jornalistas palestinos criticou o encerramento do canal. A decisão de fechar a televisão foi tomada ontem à noite pelo gabinete de segurança de Israel, por considerar que o país deve agir contra os meios de comunicação palestinos que sejam considerados uma plataforma para a incitação à violência. Esta semana, vários ataques em Jerusalém, Tel Aviv e Petah Tikva causaram um morto e dez feridos.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212