Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Israel fecha canal de televisão da Palestina - Jornal Brasil em Folhas
Israel fecha canal de televisão da Palestina


Os organismos israelenses de segurança fecharam o canal de televisão palestino ‘Falestin Al Yom’, que transmite da Cisjordânia através de várias plataformas, e detiveram um dos seus diretores por suspeitas de incentivar a violência. ‘Falastin Al Yom’ (Palestina hoje) age em nome da jihad islâmica, afirmou a polícia em comunicado, citando as forças dos serviços secretos, o exército e autoridades policiais, que invadiram os escritórios do canal, em Ramallah, ontem (10) à noite.

De acordo com o relatório da polícia, o canal serve à jihad islâmica como uma ferramenta para o incitamento (à violência) entre a população da judeia e Samaria (Cisjordânia), exortando a realização de ataques contra o estado de Israel e seus cidadãos. A mesma fonte adiantou que o ‘Falestin Al Yom’ divulgou informações através da televisão, internet e redes sociais.

Um de seus diretores, Omar Faruk Kasam Alat, de 34 anos, e um residente de Bir Zet, foram presos durante a operação israelense.
Muhamad Amro, um dos executivos do canal, confirmou hoje (11) o ataque e disse à agência de notícias EFE que os agentes confiscaram todos os equipamentos eletrônicos e fecharam o canal por tempo indeterminado.

Em comunicado, o secretário-geral da OLP [Organização para a Libertação da Palestina], Saeb Erekat, condenou o ataque e instou a comunidade internacional a agir contra Israel para parar a violência contra os palestinos e as suas instituições.

Também o sindicato dos jornalistas palestinos criticou o encerramento do canal. A decisão de fechar a televisão foi tomada ontem à noite pelo gabinete de segurança de Israel, por considerar que o país deve agir contra os meios de comunicação palestinos que sejam considerados uma plataforma para a incitação à violência. Esta semana, vários ataques em Jerusalém, Tel Aviv e Petah Tikva causaram um morto e dez feridos.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212