Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fundação de Arte de Ouro Preto participa da montagem dos tapetes devocionais - Jornal Brasil em Folhas
Fundação de Arte de Ouro Preto participa da montagem dos tapetes devocionais


Uma das mais significativas manifestações populares características da Semana Santa é a criação dos tapetes devocionais que recebem a Procissão da Ressurreição na manhã do domingo de Páscoa.

Em Ouro Preto, moradores e turistas se unem na noite de sábado, a partir das 20h, para enfeitar e adornar as ruas da cidade histórica. E, com eles, estarão alunos, funcionários e professores da Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop) para desenvolver tapetes em frente à sede da Casa do Rosário, no adro da Igreja Nossa Senhora das Mercês de Baixo e na Rua das Mercês. A iniciativa é aberta à participação de todos.

A diretora de Promoção e Extensão Cultural da Faop, Sandra Fosque, explica que a adesão da instituição e seus membros à montagem dos tapetes reflete uma preocupação com as expressões artísticas locais.

Os tapetes devocionais são realizados em Ouro Preto desde o século XVIII, sendo uma expressão da nossa cultura. Como instituição que preza pela difusão de expressões artística, nada mais justo e importante que nossos alunos, professores e funcionários colaborem, afirma.

A Prefeitura Municipal de Ouro Preto disponibilizará, ao longo do trajeto, serragem tingida em diversas cores para criar as tradicionais figuras religiosas. Durante a noite, grupos de seresta percorrerão o trajeto, animando os turistas e moradores que se dedicam à criação dos tapetes.

Segundo a tradição, são colocadas toalhas coloridas e flores nas janelas. As toalhas vermelhas ou roxas são para os dias mais solenes, sendo substituídas por tecidos brancos ou coloridos para o Domingo da Ressurreição.

A Paróquia do Pilar, que organiza a Semana Santa de 2018, pede que moradores e comerciantes enfeitem as casas e janelas no trajeto das procissões e que mantenham acesas as luzes das fachadas para facilitar a confecção dos tapetes.

A Procissão da Ressurreição parte no domingo (1º/4), às 8h, da Basílica do Pilar, logo após a missa festiva. O trajeto segue pela Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Rua Getúlio Vargas, Rua São José, Rua Direita, Praça Tiradentes, Rua Cláudio Manoel, Rua São Francisco e termina em frente à Igreja Nossa Senhora das Mercês e Perdões, mais conhecida como Igreja de Mercês de Baixo.

O padre Marcelo Santiago, responsável pela Paróquia da Basílica do Pilar, ressalta a importância de se valorizar o costume na cidade. “Os tapetes são uma expressão muito rica de religiosidade e cultura. Eles colaboram para a conservação e transmissão das nossas tradições, destaca.

Origem dos tapetes devocionais

Trazida pelos portugueses durante o Brasil Colônia, a tradição foi difundida junto ao estilo barroco, que domina a arquitetura das casas e igrejas de diversas cidades mineiras.

Em Ouro Preto, a prática existe desde 1733, quando a matriz do Pilar foi reinaugurada com a festa do Triunfo Eucarístico. Na procissão do Triunfo, junto aos sacerdotes, seguiam os fiéis pertencentes a irmandades da cidade, todos com trajes de gala. As ruas entre a Igreja do Rosário e a Matriz do Pilar foram cobertas de flores e folhagens, enquanto as janelas das casas receberam sedas e tecidos adamascados, além de adornos de ouro e de prata.

Em 1963, quando Nossa Senhora do Pilar foi escolhida a padroeira de Ouro Preto, os tapetes voltaram a ser feitos. A população abraçou o ato e os tapetes passaram a ser confeccionados anualmente, na noite do Sábado Santo, para a procissão do Domingo da Ressurreição.

Serviço:
Semana Santa em Ouro Preto
Quando: de 25 de março a 1º de abril

Agenda Semana Santa:

25 de março – Domingo do Encontro: Procissão do Encontro (17h – saída da Igreja das Mercês e Misericórdia e da Igreja das Mercês e Perdões. Encontro na Praça Tiradentes, com sermão, seguido de procissão até a Basílica do Pilar) e abertura dos Passos da Paixão (durante a manhã e a tarde)

29 de março – Quinta-feira Santa: Cerimônia do Lava Pés (20h, no Largo do Rosário, com Sermão do “Mandatum”- do Mandamento Novo e Cerimônia do Lava-Pés)

30 de março – Sexta-feira Santa: Procissão do Enterro (20h30, no Largo do Rosário, com Cerimônia do Descendimento da Cruz, seguida por Procissão do Enterro, em direção à Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões)

31 de março – Sábado Santo: Confecção de tapetes de serragem (a partir das 21h, no trajeto da Procissão da Ressurreição)

1º de abril – Domingo de Páscoa: Procissão da Ressurreição (A partir das 8h, após missa festival na Basílica do Pilar, seguindo o trajeto dos tapetes de serragem)

Assessoria de Comunicação da Faop

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212