Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mostra revela obras de arte criadas por pacientes do Adauto Botelho - Jornal Brasil em Folhas
Mostra revela obras de arte criadas por pacientes do Adauto Botelho


O lado mais sensível e o talento de pacientes do Centro Integrado de Assistência Psicossocial Adauto Botelho foi revelado durante a Mostra de Produções Artísticas organizada na manhã desta sexta-feira (23.03) pela equipe de Arteterapia e de Terapia Ocupacional da unidade.

Telas, peças artesanais em tecido, doces e biscoitos, produtos criados pelas mãos dos pacientes durante oficinas fizeram parte da mostra e foram criados durante oficinas que buscam contribuir com a recuperação e a integração social dessas pessoas. Além do talento, a mostra reflete a eficiência da equipe multidisciplinar da unidade que é gerida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT).

De acordo com a arteterapeuta Glauci Maria Ferreira, da ala masculina, as oficinas terapêuticas diminuem os sintomas de ansiedade, isolamento, irritabilidade, facilitando essa integração dos pacientes ao ambiente e a outros internos. Também são desenvolvidas oficinas laborais, como cuidados com a horta, e oficinas de socialização, a exemplo de festas temáticas, caminhadas pelo parque e futebol.

“A Arteterapia faz parte das atividades dirigidas ao conjunto de pacientes internados na Unidade 1 por indicação e conclusão dos membros da equipe multidisciplinar. São atividades de periodicidade diária, mensal ou anual que acontecem dentro das dependências da unidade 1 ou áreas externas, de acordo com a proposta terapêutica e o PTG”, explicou Glaci.

Ana Lúcia Gouveia, da ala feminina, reforça a importância da Arteterapia associada à terapia ocupacional e ao trabalho do psicólogo, do psiquiatra e assistente social na preparação do paciente para sair do hospital e retornar à sociedade. “Inclusive a Arteterapia foi incluída agora como prática integrativa do SUS pelo Ministério da Saúde, mas já é adotada há 13 anos aqui no Adauto Botelho”, pontua Ana Gouveia.

Solange Lopes, terapeuta ocupacional, assim como Glauci Ferreira e Ana Gouveia, presta serviços no Adauto Botelho há 14 anos e tem uma história de afeto e abnegação pelos pacientes e pelo trabalho que lhes proporcionam, muito mais do acúmulo de experiência profissional, o crescimento pessoal.

“Trabalhar aqui é questão de dedicação. Tem que gostar. Além de termos que manter uma interação com a equipe, que é muito importante, tem o envolvimento com cada um deles, principalmente porque temos uma turma diferenciada, que são os idosos, pacientes residentes, que não tem vínculo com a família, mas interagem muito bem”, ressaltou Solange.

Por meio da Terapia Ocupacional é possível ampliar o campo de ação, desempenho, autonomia e participação do paciente, estimulando condições de bem-estar e autonomia, contribuindo com os processos de produção de vida e saúde.

Outra terapeuta ocupacional que comemora resultados é Janete Rodrigues. Uma paciente evoluiu tanto que já está prestes a ser transferida para uma Residência Terapêutica. Ela aprendeu a fazer doces, bolos e biscoitos durante as oficinas, já vai ao mercado comprar os ingredientes e vende seus produtos entre os servidores do Adauto Botelho. Metade da renda fica pra ela e a outra metade para as oficinas.“Além dos profissionais acima citados, integram a equipe do Adauto Botelho enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas e demais servidores, todos com o mesmo grau de comprometimento com a saúde dos pacientes”, ressaltou o diretor João Santana Botelho na abertura da mostra, mesma postura do diretor administrativo da unidade, Gilmar Fonseca. Ambos reconheceram que a SES coloca a saúde mental como prioridade.

O evento também contou com a participação da secretária Executiva de Saúde da SES, Fátima Ticianel, e do assessor de Gabinete Wagner Simplício, que reforçou a prioridade que o secretário de estado de Saúde, Luiz Soares, está dando à saúde mental.

“Estamos trabalhando ininterruptamente num projeto de requalificação do Adauto Botelho que em breve será lançado”, anunciou Simplício, ação que integra o processo de reconstrução do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212