Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Corrida do Gefron reúne 600 participantes nas ruas de Cáceres - Jornal Brasil em Folhas
Corrida do Gefron reúne 600 participantes nas ruas de Cáceres


Com 600 inscritos, a 1ª Corrida do Gefron: Desafio da Fronteira levou centenas de corredores e equipes de corrida de rua para a cidade de Cáceres (220 km a oeste de Cuiabá) para a disputa de 7 quilômetros de percurso, no domingo (25.03). A atividade faz parte da celebração dos 16 anos do Grupo Especial de Fronteira.

Depois do hasteamento das bandeiras do Brasil, Mato Grosso e do Gefron e do aquecimento coletivo foi dada a largada. Com apenas 20 minutos de prova, o goiano Pablo Fagundes da Costa faturou o primeiro lugar na prova. Pela primeira vez em Cáceres, ele elogiou a organização do evento. “Foi uma prova excelente, boa fiscalização e bastante água durante o percurso. Eu vim para Mato Grosso e conquistei o primeiro lugar na corrida Night Run, em Cuiabá e aproveitei para vir para Cáceres”, disse o corredor profissional.

Ficar em primeiro lugar já é quase uma rotina para a também goiana Luzinete Andrade. Ela veio de Bom Jesus de Goiás para disputar provas em Mato Grosso. Recentemente também ficou em primeiro lugar na Corrida do Bope, Herbalife Active Run e em segundo lugar na Night Run. “Amo correr aqui em Mato Grosso. Sou profissional e aqui os eventos são muito bem organizados, fora que pagam os prêmios certinho após as provas”.

Várias equipes marcaram presença no evento como Águia Runner, Elite Runner, grupo Bom Gosto, Os Mazzaropes, equipe Marcelo Marques, Nova Integração, Aranha Runners, Cristina Pires, dentre outras.

A equipe “Aqui tem Coragem”, de Cáceres, iniciou há cerca de dois anos com a corrida de 4 homens e duas mulheres pelas ruas da cidade e hoje conta com 130 pessoas que juntas, treinam de 2 a 3 vezes por semana pelas ruas da cidade também conhecida “Princesinha do Paraguai”.

“Dos 130, 47 estão disputando a prova do Gefron. Eu estou aqui para dar apoio. Nós também organizamos as nossas corridas e nas inscrições pedimos alimentos não perecíveis para ajudar o Lar de Maria, abrigo de idosos abandonados pela família”, contou Jô Santos, uma das pioneiras do grupo.

Nem mesmo o fato de ser cadeirante desanimou o administrador Lucas Zuchetti de participar do evento. Empurrado por policiais da 2ª Companhia de Araputanga, ele disse que a polícia, além de amiga da comunidade, também é parceira das pessoas com necessidades especiais. “Eu vim aqui para mostrar que podemos ser integrados e há espaço para a gente. Além de guardiões da fronteira, o Gefron é parceiro das pessoas com deficiência”.

Para o comandante o Gefron, tenente-coronel José Nildo, o evento foi um sucesso. “É com alegria e satisfação que a gente celebra o aniversário do Gefron realizando essa primeira corrida, aproximando a comunidade dos nossos policiais. Pelo sucesso desta primeira corrida, vamos fazer a segunda e as próximas”.

Premiação

Além da premiação do primeiro ao quinto colocados no masculino e feminino geral, também houve premiação entre os três primeiros colocados entre os militares e os cinco militares do Gefron.

A premiação para a categoria geral foi de R$ 2 mil e troféu para o 1º lugar, R$ 1.200 para o 2º colocado, R$ 800 para o 3º, R$ 600 para o 4º colocado e R$ 500 para o 5º lugar.

No caso dos militares a premiação no masculino e feminino foi de R$ 1.500 para o 1º lugar, R$ 800 para o 2º colocado e R$ 500 ao terceiro.

O 2º sargento Vieira, do Gefron, faturou um relógio avaliado em R$ 1.500 por ter chegado em primeiro lugar entre os homens da fronteira.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212