Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Sagrima lança o Plano Pesqueiro e Aquícola do Maranhão - Jornal Brasil em Folhas
Sagrima lança o Plano Pesqueiro e Aquícola do Maranhão


O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), lançou o primeiro Plano Pesqueiro e Aquícola do Estado em solenidade realizada nesta terça-feira (27), em São luís, durante o I Workshop de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura.

Presentes, representantes de instituições de ensino superior, entre as quais a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Instituto Federal do Maranhão (IFMA), e das empresas Mateus Supermercados, LDA e a Bomar que, em breve, se instalará no estado.

“Eu acho muito interessante e válida essa experiência do workshop de compartilhar as demandas e ideias de como evoluir. O Maranhão ainda é carente nessa área e estamos aqui para trazer investimentos e campo de trabalho para os profissionais que estão sendo formados aqui”, disse Marcos Araújo, da Bomar, elogiando a iniciativa de envolver diferentes segmentos na cadeia produtiva de aquicultura.

Depois de um ano de discussões com produtores, pescadores, redes de comercialização, instituições de governo, financeiras, de ensino e pesquisa, o plano foi apresentado pelo secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, com ações em andamento e as previstas para os próximos anos.

“Assim como fizemos com o Plano Agrícola e Pecuário, que vem norteando todas as ações realizadas ao longo da gestão no setor agropecuário, como os programas Mais Produção e os Agropolos, pretendemos fazer com o Plano Pesqueiro e Aquícola, com ações planejadas, regionalizadas e em parceria com as esferas municipais, estaduais e federal, além das entidades do setor”, explicou Márcio Honaiser.

O plano tem o objetivo de promover a cadeia produtiva da aquicultura em pequena, média e grande escala, aproveitando os recursos hídricos e o apoio à pesca extrativa, elevando assim a oferta de alimentos e oportunidades de negócios, gerando emprego, renda e desenvolvimento.

Entre as medidas anunciadas, a implantação de polos regionais de desenvolvimento do setor e a institucionalização da Câmara Setorial de Pesca e Aquicultura, além de revisão tributária, discutida com a Secretaria de Fazenda.

Clenilde Oliveira, engenheira de pesca, saiu do evento confiante. “A expectativa para o Maranhão agora é bem alta, vendo grandes empresas chegando, desenvolvimento do setor e oportunidades de emprego e crescimento profissional”.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro participa no Chile de Cúpula Presidencial Sul-Americana
Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212